Publicidade

Estado de Minas

Homem morre baleado em estação do Move metropolitano na capital

Polícia trabalha com a tese de execução e procura o suspeito, que fugiu em seguida. Câmera interna registrou o assassinato


postado em 05/02/2016 14:00 / atualizado em 05/02/2016 15:41


Câmeras de segurança flagraram o suspeito em ação(foto: PMMG/Divulgação)
Câmeras de segurança flagraram o suspeito em ação (foto: PMMG/Divulgação)
Um homem foi baleado e morreu na tarde desta sexta-feira, dentro de uma estação do BRT Move metropolitano, em Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu no terminal Américo Vespúcio, na Avenida Antônio Carlos, Bairro Cachoeirinha, região da Pampulha. A PM está à procura do suspeito do assassinato.

O crime foi volta das 12h30 e imagens das câmeras de segurança já estão sendo analisadas pela Polícia Militar. No momento, estavam no local um operador de caixa, outro responsável pela manutenção e outra pessoa que trabalha no controle da catraca. O rapaz assassinado, que ainda não foi identificado, estava aguardando o Move dentro da estação, onde já havia outro homem também aguardando para embarcar.

Foi quando o criminoso chegou e em cerca de 10 minutos pulou a catraca. O funcionário tentou impedi-lo, mas ele apontou a arma, fazendo-o recuar. Em seguida caminhou em direção à vítima e fez vários disparos. O rapaz caiu próximo à porta de embarque e desembarque. O outro homem, de 27 anos, que aguardava no local para pegar o Move, também foi atingido na nádega. Ele foi socorrido por uma viatura que passava no momento e levado para o Hospital Odilon Berhens.

De acordo com informações do hospital, o homem foi atendido com ferimentos na nádega, está em observação e não corre risco de morte.

Ver galeria . 7 Fotos Homem invade estação do Move e mata rapaz que aguardava para embarcarCristina Horta/EM/D.A Press
Homem invade estação do Move e mata rapaz que aguardava para embarcar (foto: Cristina Horta/EM/D.A Press )

Já o rapaz assassinado chegou a ser atentido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que constatou a morte no local. Segundo a PM, ele tinha entre 16 e 18 anos. Era moreno, de cabelo liso com luzes, magro, e não portava documentos. Estava com um celular e dinheiro.

O assassino fugiu, trajando camisa preta e bermuda vermelha. Trata-se de um homem jovem, alto e magro. A Polícia trabalha com a tese de execução e acredita que o criminoso já sabia a rotina da vítima. Uma equipe da Divisão de Crimes contra a Vida, da Delegacia de Homicídios de plantão e peritos analisam as circunstâncias do crime.

Ainda de acordo com a PM, há suspeita de que havia um comparsa do autor dentro da estação, que teria fugido logo após a chegada do suspeito. Outras imangens estão sendo analisadas.

A estação ficará fechada para a troca da porta de vidro que foi danificada pelos tiros e para limpeza.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade