Publicidade

Estado de Minas

Grupo de moradores de Mariana planeja manifestação em defesa da Samarco


postado em 17/11/2015 11:11 / atualizado em 17/11/2015 14:07

Manifestação terá camiseta vendida a R$ 16 cada(foto: Divulgação )
Manifestação terá camiseta vendida a R$ 16 cada (foto: Divulgação )

Um grupo de moradores de Mariana planeja uma manifestação nesta terça-feira, às 19h, na Praça Gomes Freire, conhecida como Praça do Jardim, para defender a mineradora Samarco, responsável pela manutenção da barragem do Fundão, que rompeu no último dia cinco. O desastre provocou 11 mortes confirmadas e 12 desaparecidos, além de arrasar comunidades, provocar colapso no abastecimento de água em várias cidades nas margens do Rio Doce e causar, segundo classificação do Ibama, a maior tragédia ambiental da história do Brasil.

Mesmo assim, os moradores pretendem ir à praça para defender a Samarco (mineradora controlada pela Vale e BHP Billinton). Os manifestantes se articularam em mensagens trocadas em um grupo de whatsapp. O tema da manifestação é justiça sim, desemprego não.

A empresa Gêniuss Placas preparou três modelos de camisa com a frase da campanha, #SomosTodosSamarco. Segundo um funcionário da empresa, já foram vendidas mais de 200 camisas (a R$ 16 cada). “Uma pessoa comprou várias camisas e vai doar para os moradores de Bento Rodrigues participarem da manifestação”, detalhou o funcionário.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade