Publicidade

Estado de Minas

"Dificilmente nós vamos encontrar os desaparecidos com vida", diz Pimentel

Governador falou sobre as buscas às vítimas da tragédia em Mariana neste sábado em Valadares


postado em 14/11/2015 19:01 / atualizado em 14/11/2015 19:05

Durante a passagem por Governador Valadares neste sábado, onde concedeu uma entrevista coletiva sobre a situação do abastecimento na cidade após poluição do Rio Doce, o governador Fernando Pimentel (PT) falou sobre as buscas pelos desaparecidos após a tragédia com as barragens da Samarco em Mariana. Até o momento, sete mortes foram confirmadas. Para Pimentel, a chance de encontrar pessoas vivas é mínima. “As buscas prosseguem. Já foram achados vários corpos e a essa altura eu acho que dificilmente nós vamos encontrar os desaparecidos com vida. É lamentar e solidarizar com as famílias”, disse.

Conforme o último boletim divulgado pelo Corpo de Bombeiros, até o momento são sete mortos e 15 desaparecidos, sendo nove funcionários da Samarco e seis moradores. Três nomes foram retirados da lista neste sábado após apurações da Defesa Civil e da Polícia Civil confirmar que estas pessoas não existem, e os nomes foram comunicados por engano.

Os militares disseram que a partir deste sábado, a Samarco divulgará boletins diários sobre as barragens da mineradora. No primeiro, a mineradora disse que a Germano se encontra estável.

Sobre as buscas, os bombeiros disseram que as equipes continuam em Bento Rodrigues, Gesteira, Ponte Quebrada e Barra Longa, seguindo por terra com ajuda de cães. Também são feitas varreduras nos leitos dos rios e buscas aéreas.

“A Defesa Civil está orientando técnicos municipais no preenchimento de documentos que tratam do Decreto de Situação de Emergêcia; que foi estabelecido em Mariana, Barra Longa, Rio Doce e Governador Valadares.Um Posto de Comando da Defesa Civil foi montado em Governador Valadares para realizar a gestão do recebimento e distribuição de água potável”, diz a corporação.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade