Publicidade

Estado de Minas

Fila para distribuição de água reúne centenas e dobra quarteirão em Governador Valadares

Primeiras pessoas começaram a chegar ainda na noite de quinta-feira. Cada pessoa tem direito a um galão distribuído pelo Exército


postado em 13/11/2015 12:37 / atualizado em 13/11/2015 13:44

Fila para a distribuição de água começou ainda na noite de quinta-feira(foto: TV Alterosa/Reprodução)
Fila para a distribuição de água começou ainda na noite de quinta-feira (foto: TV Alterosa/Reprodução)

Pressa e desespero marcam o primeiro dia de distribuição de água para a população de Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, nesta sexta-feira. Centenas de pessoas formaram uma fila gigantesca na Praça de Esportes, que fica no centro da cidade, e os primeiros da fila chegaram ainda ontem. O responsáveis alegam a água será entregue enquanto houver disponibilidade.

A distribuição começou por volta das 8h. Seguiram para o local dois caminhões da Samarco, cada um com 5 mil galões de 5 litros de água. Cada pessoa na fila tem direito a levar um. O segurança Thiago Gomes de Andrade, de 29 anos, era o primeiro da fila. Ele chegou às 21h de quinta-feira, e atravessou a madrugada sem alimento e água. Assim que soube da distribuição, Thiago foi para o local. O segurança mora com a mãe e eles já estão sem fornecimento. “Vai ajudar um pouco, mas precisa de uma solução para ter mais água”, diz.

Cada morador tem direito a receber um galão(foto: TV Alterosa/Reprodução)
Cada morador tem direito a receber um galão (foto: TV Alterosa/Reprodução)
Os galões são distribuídos por militares do Exército e a fila dobrou o quarteirão. A dona de casa Noêmia Gomes estava com duas crianças pequenas, um delas em um carrinho. A família, de cinco pessoas, mora às margens do Rio Doce e está convivendo com o mau cheiro vindo da água, que piorou com a mortandade de peixes. Após conseguir seu galão, ela disse estar satisfeita. Com a poluição do rio, ela disse estar buscando água em uma bica para preparar as refeições da família.

Nos próximos dias, a previsão é de que Governador Valadares passe a contar com 30 pontos de distribuição de água.

Além dos galões da Samarco, um trem com quatro vagões transportando água chegou à cidade nesta sexta-feira. A composição da Vale tem um vagão com capacidade para 60 mil litros e os outros três transportam 80 mil. A água vem da Copasa de Ipatinga. O diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Valadares diz que hospitais e creches são priorizados e a previsão é de que a cidade receba 1 milhão de litros.
Militares do Exército são responsáveis pela distribuição da água(foto: TV Alterosa/Reprodução)
Militares do Exército são responsáveis pela distribuição da água (foto: TV Alterosa/Reprodução)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade