Publicidade

Estado de Minas

Chuva de granizo causa estragos em Juiz de Fora

Ruas da cidade ficaram cobertas de gelo no fim da tarde de domingo. Houve quedas de muros e casas foram destelhadas


postado em 27/07/2015 09:34 / atualizado em 27/07/2015 10:52

Rua no Bairro Milho Branco ficou coberta por uma grossa camada de gelo na tarde de domingo(foto: César de Azevedo/Prefeitura de Juiz de Fora)
Rua no Bairro Milho Branco ficou coberta por uma grossa camada de gelo na tarde de domingo (foto: César de Azevedo/Prefeitura de Juiz de Fora)

Os moradores de Juiz de Fora, na Zona da Mata, foram surpreendidos por uma forte chuva de granizo no fim da tarde de domingo. Vários bairros ficaram sem energia elétrica. Alagamentos, quedas de muro e outros danos também foram registrados.

O temporal aconteceu entre as 16h e 17h. A Defesa Civil da cidade foi acionada para atender 21 ocorrências de alagamentos, queda de muros, destelhamento e fornecer orientações técnicas preventivas. O maior volume de chuva, segundo o órgão, foi registrado na região do Bairro Grama, 85 milímetros, seguido pelos bairros Filgueiras e Centro, com 35 milímetros. Das 21 chamadas, 10 foram na Região Nordeste da cidade.

No domingo, foi possível atender apenas uma das ocorrências porque em outros locais a falta de energia, endereços incorretos ou queda de árvore dificultando o acesso. Uma família teve que sair de casa após a queda de um muro no Bairro Granjas Betânia. Na manhã desta segunda-feira, equipes da Defesa Civil estão mobilizadas para atender os demais casos. Até o momento, não há registro de feridos. 

Vídeo de internauta mostra gelo nas ruas após a chuva. Assista:

O meteorologista Ruibran dos Reis, do Climatempo, explica que uma frente fria que se formou no litoral de São Paulo foi a responsável pelo temporal. “Ela passou pela Zona da Mata, chegou ontem à tarde em Juiz de Fora, provocando rajadas de vento e chuva de granizo. Também foi a responsável por causar chuva durante a noite e madrugada na região metropolitana”, explica.

Segundo Reis, a chuva de granizo fez a temperatura de Juiz de Fora cair de 22 para 12 graus no domingo. Mais tarde, a temperatura chegou aos 16 graus. O velocidade do vento chegou a 56 quilômetros por hora.

“A tempestade de granizo se forma devido ao calor. Está muito quente, chega uma frente fria muito rápida e o ar quente é forçado a subir rampa de ar frio e com isso forma nuvens que chamamos de cumulonimbus e essas nuvens provocam o granizo”, explica Ruibran dos Reis. “Normalmente acontecem em Minas Gerais nos meses de setembro e outubro, julho é uma coisa raríssima. O normal das frentes frias de julho é temperatura já baixa, provocando garoa e queda de temperatura”, diz.

Ainda conforme o meteorologista, o sistema que causou a chuva de granizo em Juiz de Fora já está no norte do Espírito Santo, mas ainda pode causar chuva à tarde nos vales do Jequitinhonha, Mucuri e Rio Doce. Em Juiz de Fora, não há previsão de chuva para hoje.


Publicidade