Publicidade

Estado de Minas

Bike BH dá passe gratuito de bicicletas nesta sexta-feira

O 8 de maio, é 'Dia de Ir de Bike ao Trabalho'. O projeto Bike BH disponibiliza 400 bicicletas em 40 estações espalhadas pela Região Centro-Sul e orla da Lagoa da Pampulha


postado em 07/05/2015 12:20 / atualizado em 07/05/2015 13:54

(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A )
(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A )

Sexta-feira, 8 de maio, é “Dia de Ir de Bike ao Trabalho”. Inspirado no Bike To Work Day, a campanha é realizada em vários cantos do mundo para promover a bicicleta como uma opção de transporte para o trabalho. O belo-horizontino vai poder aproveitar a data para andar de graça nas magrelas do Bike BH.

O projeto de bicicletas compartilhadas disponibiliza 400 bicicletas em 40 estações espalhadas pela Região Centro-Sul e orla da Lagoa da Pampulha, na capital. Para usar as bicicletas, é preciso preencher um cadastro pela internet e pagar um valor diário de R$ 3, mensal de R$ 9 ou anual de R$ 60. As bicicletas estarão à disposição dos usuários todos os dias da semana, das 6h às 23h para retiradas, e até meia-noite para devoluções.

Amanhã, para apoiar a campanha, o Bike BH vai disponibilizar um passe gratuito por cadastro com durabilidade apenas para a sexta. O projeto tem quase 35 mil usuários cadastrados e mais de 34 mil viagens já foram feitas.

A sexta-feira também será dia de refletir sobre a convivência de ciclistas no trânsito da cidade. BH tem atualmente, 74,42 quilômetros de ciclovias. As últimas implantadas estão na Av. Várzea da Palma, Avenida Amintas Jacques de Moraes, Avenida Professor Clóvis Salgado, Avenida Santos Dumont, Rua Vinte e Um de Abril, Via 210 e Avenida Pedro I.

Estão em construção também ciclovias na Avenida Valdir Soeiro Emrich, Avenida Senador Levindo Coelho, Avenida Olinto Meireles, Avenida Elias Antônio Issa, Avenida Ministro Oliveira Salazar, Avenida Augusto dos Anjos, Avenida João Samaha. Conforme a BHTrans, até o final de 2016, mais 150 quilômetros de ciclovias serão implantadas em oito regionais da cidade.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade