Publicidade

Estado de Minas

Motorista com sintomas de embriaguez bate em moto e deixa jovem em estado grave no Prado

O acidente aconteceu no cruzamento entre as Avenidas Francisco Sá e Amazonas. Testemunhas afirmaram que o condutor do carro avançou o sinal. Ele foi preso e pagou fiança de R$ 5 mil


postado em 09/01/2015 14:40 / atualizado em 09/01/2015 16:14

A mistura de bebidas alcoólicas e direção novamente foi uma das causas de um acidente na madrugada desta sexta-feira em Belo Horizonte. Um motorista com sintomas de embriaguez foi preso depois de bater em uma moto no cruzamento das avenidas Amazonas e Francisco Sá, no Bairro Prado, na Região Oeste. O motociclista sofreu ferimentos graves e segue internado no Hospital João XXIII. Testemunhas contaram à polícia que o condutor do carro, de 64 anos, avançou o semáforo vermelho. No local há detectores de avanço de sinal que poderão ser usados na investigação do crime. Geraldo Custodio Laurindo pagou fiança de R$ 5 mil e foi liberado.

O acidente aconteceu por volta das 0h34. De acordo com o boletim de ocorrência do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran), o condutor da motocicleta, Hudson Montijo Salviano de Almeida, de 22 anos, transitava pela Avenida Francisco Sá quando parou no semáforo no cruzamento com a Amazonas. Testemunhas contaram que o motociclista acelerou quando o sinal abriu e acabou atingido pelo carro, que passava pela outra via.

O condutor do carro, Geraldo Laurindo, contou aos policiais que passava pela a Avenida Amazonas no sentido crescente da via quando viu o sinal amarelar. Ele contou que acelerou e passou antes mesmo no semáforo ficar vermelho.

A vítima foi arremessada no asfalto e sofreu vários ferimentos. Hudson foi socorrido com hemorragia interna, lesões no fêmur, bacia e escoriações pelo corpo. O homem foi levado inconsciente e em coma induzido para o Hospital João XXIII. De acordo com a assessoria de imprensa da unidade de saúde, o paciente está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave.

O motorista do carro, conforme a PM, apresentava sintomas de embriaguez. Ele se recusou a passar pelo teste do bafômetro e foi levado para a delegacia de plantão do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran/MG). O delegado Anderson Kopke autuou Geraldo por lesão corporal e dirigir sob o efeito de álcool. O condutor pagou fiança de R$ 5 mil e foi liberado.

Além da fiança, o motorista ainda teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) apreendida e terá que pagar multa de R$ 2 mil. Os semáforos entre as duas avenidas têm radares de detectores de avanço de sinal. Através dos equipamentos, a Polícia Civil vai analisar se algum dos motoristas cometeu a infração.

Grande BH

Este não foi o primeiro acidente com motoristas com suspeita de embriaguez nesta sexta-feira. Em Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, um Honda City, placa ELH- 7557, capotou e atingiu uma grade na Alameda das Acácias, no Condomínio Nossa Fazenda. Conforme a PM, o condutor, que não teve o nome divulgado, apresentava estar alcoolizado. O passageiro, que não usava o cinto de segurança, morreu na hora.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade