Publicidade

Estado de Minas

Mirante do Mangabeiras finalmente será reaberto ao público

Reinauguração está marcada para a manhão do próximo sábado


postado em 18/10/2012 18:25 / atualizado em 18/10/2012 20:52

Dois decks foram instalados no local para proporcionar mais conforto aos visitantes(foto: Leandro Couri/EM/D.A.Press)
Dois decks foram instalados no local para proporcionar mais conforto aos visitantes (foto: Leandro Couri/EM/D.A.Press)

Finalmente a população da capital poderá desfrutar novamente de um dos pontos turísticos mais bonitos de Belo Horizonte, o Mirante do Bairro Mangabeiras, na Região Centro-Sul. A prefeitura confirmou a reabertura para o próximo sábado. A previsão era de que o local fosse inaugurado em 29 de setembro deste ano mas, por questões de segurança, o chefe da Guarda do Palácio das Mangabeiras, residência oficial do governador do estado, pediu que fossem feitas intervenções no trânsito.

Fechado há mais de sete meses para revitalização, o mirante, de aproximadamente 35,4 mil metros quadrados, teve a área cercada e foram construídos dois decks de madeira no local. Eles foram instalados em níveis diferentes para propiciar maior conforto e permitir melhor visualização da paisagem da capital mineira. Agora, o Parque das Mangabeiras irá administrar o local.

Com a reconstrução – com novos projetos de iluminação e paisagismo – foi estabelecido um conjunto de normas para o acesso aos pontos com vista privilegiada da cidade. Uma portaria vai controlar o horário de funcionamento diário, das 10h às 22h. Três novas câmeras integram o sistema de vigilância, com patrulhamento 24 horas da Guarda Municipal. Não será mais permitida a presença de vendedores ambulantes na praça.

Antes de ser revitalizado, o mirante foi palco de tumultos nos últimos anos. Diariamente, o local era frequentado por pessoas que abusavam de bebidas alcóolicas, drogas, ou que ouviam som alto, que perturbava a vizinhança.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade