Publicidade

Estado de Minas

Servidores da rede estadual de saúde fazem nova paralisação e protesto

Os trabalhadores da saúde estão insatisfeitos com os salários, o não pagamento de direitos trabalhistas. Eles montaram uma manifestação na porta do Hospital João XXII, em BH


postado em 17/05/2012 09:40

Servidores estaduais da área da saúde protestam na manhã desta quinta-feira, na porta do Hospital João XXII, na região hospital de Belo Horizonte. Os trabalhadores fazem paralisação nesta quinta-feira e vão cobrar do governo reajuste salarial. Segundo o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (PM), a manifestação ainda não afeta o tráfego na Avenida Alfredo Balena.

De acordo com o Sindicato Único dos Trabalhadores da Saúde de Minas Gerais (Sind-Saúde), os trabalhadores da saúde estão insatisfeitos com os salários, o não pagamento de direitos trabalhistas (como vale-transporte, horas extras, adicional noturno, insalubridade, adicional de urgência e emergência), o plano de carreira defasado que não indica perspectivas de evolução na carreira, a sobrecarga de trabalho, a extensa jornada e as péssimas condições de trabalho.

Conforme o sindicato, aderiam à paralisação alguns técnicos em enfermagem, auxiliares, funcionários do administrativo, entre outras funções da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG), Escola de Saúde Pública (ESP), Fundação Centro de Hematologia e Hemoterapia de Minas Gerais (Hemominas), Fundação Ezequiel Dias (Funed), Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG) e Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes).

Os servidores vão se reunir às 14h na Cidade Administrativa, Região Norte de BH, para exigir uma negociação. Ônibus vão trazer servidores de várias cidades de Minas para a reunião.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade