Publicidade

Estado de Minas

Bebê pode ter recebido leite na veia no lugar de soro


postado em 15/04/2012 15:01 / atualizado em 15/04/2012 17:59

Uma criança de 4 meses que estava internada no Hospital da Baleia, para realizar um tratamento de pneumonia, pode ter recebido leite na veia, no lugar de soro. A troca teria ocorrido na madrugada deste domingo, segundo informações do pai do menino.

O bebê chegou a sofrer duas  bradicardias (diminuição na frequência cardíaca) após a injeção. Davi Emanuel Souza Lopes estava recebendo medicamentos na veia e se alimentava por meio de uma sonda.
 
O gerente de relações institucionais do hospital, Paulo Carvalho, não confirma a troca do medicamento por leite, disse apenas que houve um erro e que o problema já está sendo apurado pela unidade. Paulo destaca ainda, que o bebê passa bem e que a família está recebendo toda a atenção no tratamento da criança.

Mais dois casos em pouco mais de um mês

Na semana passada, uma criança de 2 anos também foi vítima de erro em hospital. O menino se preparava para fazer uma tomografia,  no Hospital São Camilo, no Bairro Floresta, Região Leste de Belo Horizonte. Ao invés de ministrar um sedativo, uma enfermeira teria dado à criança uma substância ácida usada para cauterizar verrugas. Algum tempo depois, apareceram manchas na boca e no rosto indicando queimaduras. A criança ainda permanece internada e se alimenta por meio de sonda.

No dia 2 de março, Artur Felipe Alves de Oliveira, de um mês de vida, morreu depois que  recebeu leite na veia ao invés de soro. O mediamento foi aplicado por uma técnica de enfermagem do Hospital Municipal de Contagem.

A criança tinha um quadro grave de insuficiência cardíaca. Os pais da criança denunciaram falha no atendimento e a unidade resolveu afastar a técnica de enfermagem que cuidou do menino. A Secretaria de Saúde abriu sindicância para apurar o caso.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade