Publicidade

Estado de Minas SOLIDARIEDADE

Costurando sonhos

Marca mineira lança coleção-cápsula para beneficiar o Projeto Rizoma com pare das vendas,para construir oficina de bordado e costura para as mulheres da comunidade Olga Benário


postado em 24/05/2020 04:00

Vestido longo amarelo - Blusa com manga fofa e saia envelope com plissado(foto: PatBo/divulgação)
Vestido longo amarelo - Blusa com manga fofa e saia envelope com plissado (foto: PatBo/divulgação)

 
É fato que caos que se instaurou no mercado mundial com a pandemia da Convi-19. O setor de moda foi bastante afetado. Várias marcas deram férias coletivas, outras passaram a se dedicar a fabricação de máscaras de segurança, todas sempre com cunho beneficente, e várias continuaram a produzir, cada uma em seu ritmo.
 
Conjunto de saia e blusa em veludo cotelê(foto: PatBo/divulgação)
Conjunto de saia e blusa em veludo cotelê (foto: PatBo/divulgação)
 
 
A grife mineira PatBo continuou seu trabalho e deu continuidade à parceria com o Projeto Rizoma. O resultado foi o lançamento de uma coleção-cápsula em benefício da instituição. Intitulada Costurando Sonhos, a coleção é mais uma iniciativa da marca voltada ao incentivo do empreendedorismo de jovens e famílias em situação de vulnerabilidade.
 
Vestido longo de cetim(foto: PatBo/divulgação)
Vestido longo de cetim (foto: PatBo/divulgação)
 
 
O envolvimento com a instituição teve início em março, quando a PatBo realizou o seu tradicional bazar, revertendo 10% das vendas para a compra de itens de higiene pessoal para moradores da comunidade Olga Benário, em São Paulo, atendidos pelo Projeto Rizoma. O sucesso do bazar, que pela primeira vez ocorreu no e-commerce, levou ao desenvolvimento de um novo projeto em conjunto.
 
Vestido em veludo(foto: PatBo/divulgação)
Vestido em veludo (foto: PatBo/divulgação)
 
 
O lançamento Costurando Sonhos faz parte da atual coleção Inverno 2020 da marca, e apresenta um mix de produtos com paleta de cores sóbria, que passa por amarelo, marrom, vermelho e preto. A coleção é composta por moletons, vestidos e bodies que trazem recortes estratégicos, babados e bordados delicados.
 
Parte da venda será destinada para a construção de oficinas de costura e bordado na comunidade Olga Benário, no Capão Redondo, em São Paulo. (ITC)

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade