Publicidade

Estado de Minas ARTE FINAL - BRIEFING

A história de Tsutomu Yamaguchi


postado em 26/04/2020 04:00 / atualizado em 25/04/2020 11:39

(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)

 
 
FILADÉLFIA NO 'THE ONE SHOW'
Juntamente com o do Festival de Cannes,
é uma das mais prestigiosas premiações internacionais de publicidade. A associação, que fica em Nova York, divulgou o short-list de seu festival anual, e a mineira Filadélfia está entre as agências selecionadas, com o filme A história de Tsutomu Yamaguchi, criado para o site boatos.org, de combate às fake news.

SOBREVIVENTE 
O video mostra a incrível história real do japonês que sobreviveu a duas bombas atômicas na Segunda Guerra, para dizer que histórias verdadeiras podem parecer falsas, e vice-versa. Há cerca de duas semanas, a mesma peça também recebeu medalha de ouro no Prêmio Colunistas Nacional, a mais antiga e tradicional premiação de comunicação de marketing do Brasil, instituído pela Associação Brasileira dos Colunistas de Marketing e Propaganda (Abracomp). O filme pode ser acessado no link www.youtube.com/watch?v=sfXr43uQo7M

COM(VIDA) 20
Um grupo de empresários da capital mineira do segmento da comunicação, com o objetivo de ajudar moradores de Belo Horizonte e região, criou o projeto Com(vida)20. Trata-se de uma campanha on-line para arrecadar fundos. As doações serão feitas por meio da plataforma de investimento Vangardi. A seleção dos beneficiados será feita pelo projeto de inclusão social Fundo Beagá, que vai adquirir e distribuir cestas básicas. A cada uma delas será adicionado um kit de limpeza.  No primeiro momento, os favorecidos serão moradores das comunidades e aglomerados da Vila Cemig, Vila Antena, Dandara e Zilah Spósito. Rodrigo Oliveira, CEO da Vangardi, um dos idealizadores do projeto, explica que a iniciativa espera contribuir para que as pessoas sigam as orientações das autoridades de saúde e tenham um sustento neste momento tão difícil. "A meta inicial é levantar aproximadamente R$ 75 mil, mas quanto maior for a arrecadação, mais famílias poderão ser beneficiadas."

CORRENTE DO BEM 
O projeto Com(vida)20 conta com o apoio da Evoé, Filadélfia, Greco Design, Partners Comunicação, entre outras organizações. As doações podem ser feitas pelo site conteudo.vangardi.com.br/comvida20. O empresário Dino Bastos destaca que "essa é uma forma de amenizar o impacto econômico e social em Belo Horizonte e na região metropolitana. Com essa corrente do bem, esperamos superar este momento difícil que todos estão vivendo e ainda preparar a cidade, as empresas e as pessoas para a retomada que deverá acontecer em breve".

TECNOLOGIA SOLIDÁRIA
Não há dúvidas de que a comunicação efetiva é vital durante uma emergência. Pensando nisso, a startup mineira de comunicação inclusiva SignumWeb, do Grupo RCS, lançou campanha para ajudar surdos a acessarem os serviços de saúde em meio ao período de distanciamento social. A comunicação é feita por meio de um dispositivo que conecta esses pacientes e profissionais de saúde a tradutores de libras em tempo real. Quando o surdo for a uma UPA, hospital, farmácia ou outro serviço essencial, por exemplo, ele poderá acessar a plataforma on-line da SignumWeb durante o atendimento. Os profissionais de saúde poderão conversar naturalmente e fazer o diagnóstico sem a necessidade terceiros permanecerem fisicamente ao lado do paciente surdo, evitando o risco de contágio pelo novo coronavírus. Para ter o intérprete na palma da mão é preciso de uma boa conexão à internet móvel ou do acesso ao wi-fi. O cadastro pode ser feito no site  www.signumweb.com.br/librasurgente.html.
 
SALVADOR DA PÁSCOA
Pesquisa realizada pela empresa ShopFully  aponta que, apesar da crise que impactou as vendas do comércio para a Páscoa, as redes de supermercados registraram participação de 62,29% na comercialização dos ovos de chocolates e caixas de bombons. O levantamento, realizado por plataforma de geolocalização especializada em shoppers, ouviu 2.182 pessoas de todo o Brasil, em sua maioria mulheres (63%), de 30 a 39 anos (38%), de 13 a 15 de abril, e constatou que 62% dos consumidores adquiriram os ovos de Páscoa nas redes de supermercados, uma vez que as lojas especializadas estão fechadas.  Os que optaram pela compra no varejo on-line corresponderam a 6,44% dos entrevistados. Os produtos "caseiros" responderam por 24,34% das vendas. 

TRADIÇÃO
No que diz respeito à preferência pelos produtos, os ovos de Páscoa tradicionais (industrializados) corresponderam a 46,66% das compras, seguidos pelos bombons e barras de chocolate, com 41,65%. Já os produtos artesanais ou caseiros foram adquiridos por 25,30% dos entrevistados. Os presentes foram comprados no próprio fim de semana da Páscoa (50%), 36% uma semana antes, e apenas 14% foram prevenidos e compraram em março. Ainda de acordo com o levantamento, 84,73% dos itens foram direcionados para a família e foram entregues pessoalmente por 45,11% dos entrevistados. E apesar da queda geral nas vendas, 41% dos entrevistados gastaram até R$ 50 por compra, enquanto 44% gastaram entre R$ 50 e R$ 150 e 15% acima de R$ 150.

ONCOCENTRO 
O Oncocentro se tornou o primeiro centro oncológico de Belo Horizonte a receber a certificação QOPI® (Quality Oncology Practice Initiative). A certificação é um atestado de qualidade da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (Asco) – principal sociedade médica da área, que reconhece as melhores práticas internacionais onco-hematológicas para garantir um atendimento de excelência aos pacientes. "O Oncocentro recebeu a Pontuação Perfeita, ou seja, 100% de aprovação em seus processos. Em 2019, somente três organizações no mundo alcançaram esse feito", destaca o oncologista clínico Bruno Ferrari, fundador e presidente do conselho de administração do Grupo Oncoclínicas, ao qual a clínica pertence.

PADRÃO DE QUALIDADE 
A chancela ratifica o padrão de atendimento nas áreas médica, assistencial e de gestão, e assegura aos pacientes assistência efetiva e global. Para isso, é preciso atender a critérios bem rigorosos que avaliam ambiente seguro; planejamento do tratamento; treinamento e educação dos colaboradores; administração segura de quimioterapia; monitoramento e avaliação do bem-estar do paciente após a quimioterapia (adesão, toxicidade e complicações), entre outros.  A certificação foi obtida neste ano, mas a preparação e revisão das práticas começaram em junho de 2019, realizada por um grupo multiplicador do Oncocentro, que se reunia semanalmente. A QOPI® pode avaliar mais de 150 medidas de qualidade que devem ser comprovadas e receber pontuações individuais, bem como pontuações comparativas agregadas de todas as práticas participantes.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade