Continue lendo os seus conteúdos favoritos.
Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

anna aos Domingos


postado em 09/12/2018 05:07

 

 

VISITA
importante

O presidente da Rede Mater Dei, Henrique Salvador, integra a comitiva de líderes de organizações de saúde brasileiras, que, liderada pela MV Sistemas, está visitando a Apple Park, em Cupertino, na Califórnia, nos Estados Unidos. O objetivo é compartilhar com especialistas conhecimentos e experiências do setor no Brasil e realizar uma imersão nos campos de inovação e tecnologia. Para Henrique Salvador, “a visita de trabalho à Apple proporciona conhecermos e termos acesso a tecnologias que contribuem para facilitar a conectividade e atuação dos profissionais de saúde em benefício dos nossos pacientes. Buscamos sempre o que há de novo e que pode ser aplicado na área da saúde e investimos em tecnologia e inovação para dar suporte e facilitar a interação da comunidade Mater Dei – pacientes, corpo clínico e equipes assistenciais e de apoio”, afirma o presidente.


CONVIDADO
ilustre

Um dos convidados das festas de comemoração dos 50 anos do Sindicato da Indústria da Construção Pesada do Estado de Minas Gerais (Sicepot) foi o governador eleito Romeu Zema. Os anfitriões, que andam num aperto danado, continuam recebendo em grande estilo.

BATIZADO
cor de rosa

Lélia Bedran caprichou o máximo para comemorar, com amigos, o batizado de sua bisneta Maria Sophia Curchetti Bedran. A cerimonia foi na Paróquia de Santo Inácio de Loyola e o almoço, árabe, em sua casa. A mesa de doces foi um acontecimento, com todas as gostosuras cor de rosa. Até os bombons em forma de bonequinhas.

SUCESSO
editorial

A noite de autógrafos do médico Ivan Coelho Maciel, onde ele conta casos de sua vida – e principalmente da carreira – foi um sucesso absoluto. Ele autografou mais de 300 exemplares de Receitando casos. O encontro, muito prestigiado e agradável, foi no Minas Tênis Clube.

MACRON
pagando a conta

A rebelião contra o presidente francês Macron, com o pretexto do aumento de combustíveis fósseis, na realidade, é uma reação às correções até aqui feitas por ele na política econômica nefasta e benesses socialistas irresponsáveis herdadas dos seus antecessores. Uma situação que simula bem o que pode ocorrer por aqui, onde o mesmo processo (mais agravado) ocorreu nos últimos anos. Como não temos (ainda) a mesma vivência democrática da França, a solução costumeira aos países de Terceiro Mundo seria inevitável – embora num ritmo moroso. O espectro de 1968 renasce.

 

 

NA MODA
oportunidades

Os terninhos tiveram seu auge no mundo feminino, lançados por Marlene Dietrich (década de 1940), e, depois, um resgate com o Yves Saint-Laurent (nos anos 1960). Agora, voltaram com força total, usados pela nobreza, celebs & afins em várias ocasiões. Elegância garantida.

***

A marca italiana Missoni, famosa pela malharia em zigzag, fez coleção     especial para a C&A – com poucos modelos, todos disputados. No Brasil, algumas peças saíram abaixo de R$ 500
um preço razoável para o mercado verde-amarelo.

POR AÍ..

Com o movimento gastro-etílico tomando a direção sul da cidade, a região de Olhos d’Agua recebe o Mercado de Origem.
O nome diz tudo: produtos bio vindos diretamente de onde são produzidos, na chamada ‘agricultura familiar’.
O lançamento da pedra fundamental foi na quinta-feira.

Com várias novas marcas entrando às vésperas do evento, o Bazar da Indústria de Moda, da Fiemg, multiplicou as opções e os visitantes. Na abertura, a Orquestra de Câmara do Sesi Minas emocionou. O resultado obtido vai para a Creche Nossa Senhora de Nazaré.

Em temporada de ouro, a grife Skazi desfilou no Copacabana Palace (Rio) com os lançamentos de verão. A passarela na varanda superior do prestigioso hotel, abriu a paisagem da orla para a plate ia e casou bem com a coleção. A Paola Martins e o diretor-criativo, Eduardo Amarante, receberam os convidados.

Os ícones arquitetônicos da capital ganham tradução de artistas, em miniaturas criativas para os turistas levarem como souvenir. Entre os que trabalham no assunto, estão a Cláudia Chiari e o Clermont Oliveira. A igreja da Pampulha é a campeã no assunto.

 

SÃO FRANCISCO
do monumental ao singelo

O milagroso São Francisco de Assis parece que vai tomando a dianteira na preferência da turma da cultura & afins. Depois da extraordinária expô na Casa Fiat, também o Centro de Artesanato Mineiro, no Palácio das Artes, promove o protetor dos animais com estandartes feitos por um grupo de bordadeiras, esculturas primitivas e outros mimos assinados por artistas variados – com curadoria da Fátima Coelho. Singela, mas muito criativa, a exposição segue ali até o final do mês. Faz parte das comemorações dos 50 anos daquele centro.

IDOSOS
cuidados partilhados

Os movimentos feministas estão produzindo um efeito secundário, isto é, além do principal é de manter os homens longe das mulheres. Bem mais positivo, esse efeito consiste na maior participação dos homens nos cuidados com os idosos em família. Segundo relato de médicos que atendem essas pessoas, é cada vez maior o número de familiares masculinos que acompanham suas mães e papais e até mesmo vovós e vovôs nas consultas. Em tempos idos, isso era tarefa única e exclusiva da mulheres – principalmente as que ‘sobravam’ , solteironas, em casa. Democratizou.

DECORAÇÃO
Natal sem fios

A cada Natal uma novidade na decoração aparece. Pois, agora, as fachadas das casas dos ’natalinos’ mais animados não precisam mais recorrer aos quilômetros de fios com luzinhas para se iluminar. Chegou ao mercado uns mini holofotes, com lâmpadas de LED potentes e que formam infinitas imagens projetadas nas paredes. Tudo pré-programado, com tonalidades e brilhos incriáveis. Podem ser usados, também, dentro das salas. Melhor ainda: gastando pouquíssima energia. Fica a dica.


Publicidade