Publicidade

Estado de Minas

MEC libera verba para novas bolsas de pós-graduação

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, citou a relevância das pesquisas como fator primordial para a liberação


postado em 11/09/2019 20:43

O investimento soma, ao todo, R$ 22.466.654 para 2019(foto: Pixabay/Divulgação )
O investimento soma, ao todo, R$ 22.466.654 para 2019 (foto: Pixabay/Divulgação )
O Ministério da Educação (MEC) anunciou, nesta quarta-feira (11), que vai liberar novos recursos para que estudantes de pós-graduação possam usufruir de 3.182 novas bolsas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) ainda neste ano. 
 
As bolsas liberadas são para os programas de excelência com notas 5, 6 e 7 – 1.068, 1.052 e 1.062 unidades, respectivamente –, as maiores da Capes. O investimento soma, ao todo, R$ 22.466.654 para 2019.
 
O ministro da Educação, Abraham Weintraub, citou a relevância das pesquisas como fator primordial para a liberação. “São as bolsas dos programas com maiores notas, porque são os com maior retorno à sociedade. De onde vêm esses recursos? Do pagador de imposto”, disse em entrevista à imprensa na sede do MEC, em Brasília, nesta quarta-feira, 11 de setembro.
 
A medida alia responsabilidade na gestão dos recursos públicos e incentivo à pesquisa científica. “É importante entender como funciona: a pessoa está no programa, a gente só vai dar a bolsa se a gente tiver convicção de que vai pagar”, enfatizou o ministro.
 
Mais dinheiro para 2020 – O orçamento da Capes para 2020 terá mais R$ 600 milhões. O valor total subirá de R$ 2,45 bilhões para cerca de R$ 3,05 bilhões.
 
Com esse aporte, será possível manter todos os bolsistas já ingressados no sistema e adicionar os novos. Em outras palavras, não há previsão de cortes, só a entrada de mais beneficiários. “O orçamento extra vai garantir essas novas bolsas e a manutenção do que a gente tem em vigor para todo o ano que vem”, reforçou o presidente da Capes, Anderson Correia.


Publicidade