Publicidade

Estado de Minas

Uemg acaba com vestibular e alunos deverão ingressar pelo Enem

Turmas para 2020 terão que realizar o Enem 2019. Candidatos para cursos de música e arte terão que fazer prova específica


postado em 28/03/2019 17:35 / atualizado em 28/03/2019 17:43

Escola de Design da UEMG, antigo prédio do IPSEMG, na Praça da Liberdade (foto: Tulio Santos/EM/D.A Press)
Escola de Design da UEMG, antigo prédio do IPSEMG, na Praça da Liberdade (foto: Tulio Santos/EM/D.A Press)
O Conselho Universitário da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg) decidiu pela adesão integral ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como forma de ingresso para os cursos presenciais de graduação da instituição. Até então, a universidade realizava o processo seletivo para 50% das vagas e recrutava os outros 50% por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

As turmas para início no primeiro semestre de 2020 terão como porta de entrada somente o Enem. Candidatos interessados em concorrer a uma das mais de 6 mil vagas ofertadas nas 20 unidades da Uemg, devem estar atentos ao cronograma divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela elaboração e realização do Enem.
 
Para os cursos de artes e música, que necessitam de habilidades específicas, a universidade fará o uso da nota do Enem e vai aplicar uma segunda etapa, com prova específica para o candidato.

No total, são oferecidos todos os anos vagas em 115 cursos de graduação em 16 municípios de Minas Gerais, (Belo Horizonte, Abaeté, Barbacena, Campanha, Carangola, Cláudio, Diamantina, Divinópolis, Frutal, Ibirité, Ituiutaba, João Monlevade, Leopoldina, Passos, Poços de Caldas e Ubá). 

A decisão, que ainda será regulamentada, vai tratar da distribuição das vagas pelo sistema de cotas. Nas últimas edições, a Uemg destinou metade das vagas para negros, indígenas, egressos de escola pública e pessoas com deficiência.
 
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade