Publicidade

Estado de Minas

Enem: faça a checagem final para não errar

Cerca de 5,5 milhões de brasileiros, 10,6% deles em Minas, são esperados nos locais de provas para o teste hoje. Se você é um deles, confira documentos e tudo o que pode ou não levar


postado em 04/11/2018 06:00 / atualizado em 04/11/2018 08:19

Clique para ampliar a imagem
Clique para ampliar a imagem

Não é o maior número dos últimos anos, mas uma quantidade a que talvez jamais se imaginaria chegar 20 anos atrás. Em 1998, quando foi criado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), 55 mil estudantes saíram de casa para ser protagonistas daquela novidade. Hoje, ele promete movimentar 35 vezes mais pessoas. Cerca de 5,5 milhões de brasileiros são esperados nos locais de provas de 1.725 municípios país afora. Desses candidatos, 10,6% farão a avaliação em Minas Gerais (583.027). Se há duas décadas ele não tinha grandes pretensões, a não ser avaliar a última etapa da educação básica, agora é passaporte para as principais universidades do país.

Candidatos chegam para prova na versão do Enem do ano passado: horário de verão, que começou à zero hora de hoje merece atenção especial(foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
Candidatos chegam para prova na versão do Enem do ano passado: horário de verão, que começou à zero hora de hoje merece atenção especial (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)

Hoje, os estudantes vão pôr à prova seus conhecimentos e habilidades em redação, ciências humanas e linguagens. Este é o segundo ano em que o exame é aplicado em dois domingos consecutivos. Até 2016, ele era feito num único fim de semana. O Enem evoluiu e seus números se tornaram superlativos. Nesta edição, a estrutura para aplicação envolve 10.718 locais de prova, 155.254 salas e mais de meio milhão de colaboradores. Foram impressos 11,5 milhões de provas. São 12 cadernos de questões diferentes e, para garantir a acessibilidade, há uma videoprova em libras.

Do total de inscritos em Minas, 349.694 são mulheres (60% do total de inscritos) e 233.333 são do sexo masculino. A faixa etária mais representativa, 27,9%, é a dos participantes que têm de 21 a 30 anos (162.585). Adolescentes de 18 anos somam 100.377 (17,2%) e de 17 anos totalizam 95.456 (16,4%). A maioria dos inscritos, 347.279, já concluiu o ensino médio. Outros 162.981 estão cursando a última série este ano. Os treineiros são 66.617 inscritos. E 6.150 não estão cursando e não concluíram o ensino médio.

Segundo o último balanço do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), até quinta-feira, mais de 82% dos inscritos já tinham acessado o cartão de confirmação da inscrição. O cartão está disponível na página do participante (enem.inep.gov.br/participante) e no aplicativo do Enem. É responsabilidade do participante acessar o documento que informa o local de prova.

ÔNIBUS O quadro de horários do transporte coletivo das linhas que atendem aos locais de prova será reforçado em Belo Horizonte. Agentes da Unidade Integrada de Trânsito da BHTrans, Polícia Militar e Guarda Municipal vão controlar o tráfego no entorno dos lugares onde o Enem será aplicado e nos corredores de acesso. A relação das escolas e faculdades e seus respectivos endereços, assim como as informações sobre as linhas de ônibus, incluindo os pontos de embarque na Região Central e desembarque nos locais da avaliação, podem ser conferidos na página da BHTrans (prefeitura.pbh.gov.br/bhtrans).

Em função do elevado número de participantes, a BHTrans orienta os candidatos que saiam de casa mais cedo, usem o transporte público e verifiquem com antecedência as linhas de ônibus que atenderão os locais onde farão as provas. A empresa orienta ainda a usar o cartão BHBus. Por meio dele, o passageiro evita filas nas bilheterias das estações e tem desconto na integração com o segundo ônibus ou metrô. E aos domingos e feriados, pegando um segundo ônibus ou fazendo a integração com o metrô, vai pagar, no máximo, a tarifa de R$ 4,05. A integração é válida no intervalo de uma hora e meia.

Outra dica é o aplicativo para celulares SIU Mobile (www.siumobile.com.br), que informa o tempo estimado para o ônibus passar no ponto. Ao clicar num ponto de ônibus de qualquer linha, é possível ver o ônibus se movendo no mapa no trajeto até chegar ao ponto.

HORA CERTA  Confira seu relógio, lembrando que à zero hora de hoje teve início o horário de verão e há quatro fusos no Brasil nesta época. Os portões abrem às 12h, considerando o horário de Brasília. Nos horários regionais, a abertura se dá da seguinte forma: estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país, o que inclui Minas Gerais, às 12h; Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins, às 11h; Amazonas (com exceção de 13 municípios da região sudoeste), Rondônia e Roraima, às 10h; Acre e nos municípios amazonenses de Atalaia do Norte, Benjamin Constant, Boca do Acre, Eirunepé, Envira, Guajará, Ipixuna, Itamarati, Jutaí, Lábrea, Pauini, São Paulo de Olivença e Tabatinga, às 9h.

Não perca hoje, no Portal Uai e no em.com.br, gabarito extraoficial das provas do Enem 2018, parceria Chromos/Portal Uai 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade