Publicidade

Estado de Minas

Enem: estudantes devem ter atenção redobrada com as perguntas


postado em 05/11/2017 06:00 / atualizado em 05/11/2017 08:58

Aluno do 3º ano do ensino médio do Colégio Marista Dom Silvério, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, Henrique Fonseca Mundim, de 17 anos, tem a história, filosofia, sociologia e geografias em geral na lista de suas matérias prediletas. Com foco em carreira na área de educação, voltada para a sala de aula, quer cursar história e filosofia na universidade. “São disciplinas das quais gosto muito e que se complementam. De longe, minha melhor área é humanas”, afirma.

Neste domingo, a partir das 19h, não perca a divulgação da sugestão de gabarito do Enem 2017 pelo Chromos e Portal Uai

“Tem que estudar muito e exige muita leitura, não só de livros, mas de artigos e notícias e muita interpretação de textos”, diz. Henrique espera uma prova mais focada na história do Brasil e mais pesada na filosofia e sociologia, com muitos textos e análises.

Segundo o professor de geografia Aldo Resende, do Marista Dom Silvério, alguns temas são recorrentes. “Na de geografia, é agropecuária, que está ligada ao agronegócio, uma das principais áreas hoje da economia brasileira. Também são muito cobradas as questões da sociedade que envolvem sociologia, filosofia e história. Relacionar esse tempo da história com o atual é importante para o aluno. População e economia brasileira são assuntos por meio dos quais se consegue abordar toda a temática de ciências humanas, sem nunca abrir mão do atual e do passado.”

Uma dica preciosa é não tentar fazer questão por questão. “Se insistir nisso, provavelmente, não conseguirá fazer a prova toda. Leu o comando. Não sabe, pula. Como o cálculo da nota é pela TRI (teoria de resposta ao item), não há padrão para falar que as primeiras questões são mais difíceis e as últimas fáceis e vice-versa”, afirma. “Há questões de nível fácil, médio e difícil. Se erra o fácil e acerta o difícil, a TRI considera um chute e a avaliação leva um valor menor”, ressalta.

Aldo Resende adverte: nessa avaliação não há conteúdo mais difícil. O que torna difícil ou fácil é como as questões estão elaboradas. “Por isso é tão importante o aluno prestar muita atenção na leitura, nas questões simplesmente interpretativas.”

 

Fique atento ao que levar na hora da prova:

 

• Lápis
• Chaves
• Livros
• Manuais
• Borracha
• Anotações
• Boné, chapéu, viseira, gorro ou similares
• Fones de ouvido ou qualquer transmissor, gravador ou receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens
• Material impresso
• Lapiseira
• Óculos escuros
• Caneta de material não transparente
• Dispositivos eletrônicos (calculadoras, agendas eletrônicas ou similares, telefones celulares, smartphones, tablets, iPods, pendrives, mp3 ou similares, gravadores, relógios, alarmes)

NOVIDADES

• Provas em dois domingos consecutivos
• Redação no primeiro dia
• Provas com o nome do candidato
• Provas pela internet (vídeo) em libras
• Solicitação de tempo adicional no ato da inscrição
• Declaração de comparecimento impressa pelo candidato
• Novas regras para isenção e ausência

O ENEM EM MINAS

725.679
candidatos farão provas
no estado este ano

10,7%
participação deles no total de

6,73 milhões
de inscritos

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade