Publicidade

Estado de Minas

Sisu inicia processo de inscrição na segunda-feira

Serão ofertadas 228 mil vagas. Para concorrer, o candidato não pode ter tirado zero na redação


postado em 09/01/2016 06:00 / atualizado em 09/01/2016 08:13

A nota do Enem poder ser usada para participar do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior em todo o país. As inscrições começam na segunda-feira e vão até quinta-feira da próxima semana. Serão ofertadas 228 mil vagas. Para concorrer, o candidato não pode ter tirado zero na redação.

Maior instituição de ensino superior de Minas Gerais, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) fará, pela primeira vez, seleção pelo Sisu em um único processo anual. Depois de dois anos promovendo entradas no início e meio do ano, a universidade volta a fazer lista única, como ocorria no antigo vestibular, com a indicação de aprovados para o primeiro e segundo semestres. A mudança foi motivada pelo aumento de vagas ociosas resultantes da mobilidade dada pelo sistema e também dificuldades logísticas de dois processos. Com a adoção do Sisu como principal porta de entrada nas universidades públicas, uma mesma nota do Enem permite ao candidato tentar vaga em cursos diferentes e até mesmo universidades públicas em todo o país.

A UFMG retorna à entrada única adotada desde 1970, quando os vestibulares começaram a ser organizados. As exceções foram os anos de 2014 e 2015, em que houve seleção de candidatos em duas edições anuais. A expectativa da universidade é de que os estudantes façam escolhas mais conscientes.

A nota poderá ser usada também para obter bolsas de estudo integrais ou parciais em instituições particulares de ensino superior pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Para participar dos programas, o estudante não pode ter zerado a redação e precisa obter pelo menos uma média de 450 pontos nas demais provas do Enem.

O exame serve também para obter a certificação do ensino médio. Nesse caso, é preciso ter feito a solicitação no início do ano, na hora da inscrição, ter mais de 18 anos e ter obtido pelo menos 450 pontos em cada uma das provas e 500 pontos ou mais na redação.

A nota pode ser usada ainda para participar do programa de intercâmbio acadêmico Ciência sem Fronteiras e do Sistema de Seleção Unificada do Ensino Técnico e Profissional (Sisutec), que destina a estudantes vagas gratuitas em cursos técnicos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade