Publicidade

Estado de Minas

Justiça expede mais um mandado de prisão para Bola

A ordem judical se refere a outros dois homicídios que o ex-policial teria cometido


postado em 18/04/2011 17:25 / atualizado em 18/04/2011 17:44

A Justiça de Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, expediu mais um mandado de prisão para o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola. Ele é acusado de envolvimento no desaparecimento e morte da ex-namorada do goleiro Bruno, Eliza Samudio. Bola é apontado pelas investigações do caso como executor da modelo. Além desse crime, ele também é investigado por envolvimento em outros homicídios e em irregularidades durante treinamentos do Grupo de Resposta Especial (GRE) da Polícia Civil.

O mandado expedido nesta segunda está relacionado à dois possíveis homicídios cometidos por Bola em 2008. Ele teria assassinado Paulo César Ferreira e Marildo Dias de Moura. Segundo inquérito desse caso, testemunhas viram Bola matar as duas vítimas, e viram também os cachorros do suspeito comendo os corpos dos rapazes.

Os restos mortais desse homens, assim como o de Eliza Samudio nunca foram encontrados. Na casa de Bola, em Vespasiano, na Grande BH, durante as buscas pelo corpo da Eliza, os investigadores encontraram fotos dos rapazes assassinados. As investigações para achar o corpo da ex-namorada do goleiro Bruno foram feitas no ano passado. As fotografias recolhidas na casa foram levadas à Corregedoria da Polícia Civil e acrescentadas ao inquérito.

Em 7 de abril a juíza Marixa Fabiane Lopes Rodrigues, do Tribunal do Júri de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, expediu, um mandado de prisão preventiva contra o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola. Ele é suspeito de assassinar um homem, identificado como Rogério Martins Novelo, em maio de 2000.

O mandado desta segunda-feira foi juntado à extensa ficha criminal com acusações contra o ex-policial Marcos Aparecido. Ele está preso na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

(Com informações de Cristiane Silva e Juscelino Ferreira)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade