Publicidade

Estado de Minas

Justiça expede outro mandado de prisão preventiva para Bola

Ele já responde um processo sobre o sumiço e morte de Eliza Samudio, ex-mulher do goleiro Bruno Fernandes


postado em 07/04/2011 15:59 / atualizado em 07/04/2011 16:20

A juíza Marixa Fabiane Lopes Rodrigues, do Tribunal do Júri de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, expediu, na sexta-feira, um mandado de prisão preventiva contra o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola. Ele é suspeito de assassinar um homem, identificado como Rogério Martins Novelo, em maio de 2000.

Bola já é réu no processo que investiga o sumiço de Eliza Samudio, ex-mulher do goleiro Bruno Fernandes, em junho de 2010. De acordo com o processo, o ex-policial matou e sumiu com os restos mortais de Eliza.

O ex-policial está preso na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Além dele, outros quatro acusados também seguem presos pelo sumiço de Eliza. São eles, o goleiro Bruno Fernandes, o amigo dele, Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, e o primo do atleta, Sérgio Rosa Sales.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade