Publicidade

Estado de Minas Internet

Marketing digital para idosos: por que essa é uma tendência que irá crescer

Veja o que fazer para se comunicar com esse público


28/07/2021 16:23

(foto: Pexels)
(foto: Pexels)

 
Durante muito tempo, os idosos foram deixados de lado pela publicidade. Agora com a internet isso continuou, já que a rede é dominada pelo público mais jovem. No entanto, mudanças trazidas pela pandemia pode ser que o marketing tenha que olhar com mais atenção para as pessoas mais velhas. 

Segundo este estudo da Kantar IBOPE Media, em 2020, 85% dos idosos conectados à internet pesquisaram produtos, sendo que 75% efetivamente compraram algo. Isso ocorreu sobretudo por conta das restrições de circulação que fizeram com que grande parte dos estabelecimentos ficassem fechados. A solução foi fazer compras on-line. 

Por que o marketing para idosos é importante?


Direcionar esforços para se comunicar com os idosos é importante, porque esse público está crescendo. Além do mais, quem começou a usar a internet há alguns anos - e hoje está na faixa dos 50 anos - em breve irá envelhecer também.

Dessa forma, o marketing não pode se fixar apenas nos mais jovens. A pandemia acentuou ainda mais essa tendência. É isso o que afirma a gerente de comunicação do Portal Kimbino, Kristina Cveckova, onde são publicados encartes e folhetos digitais de diferentes marcas. “No primeiro semestre deste ano, o público entre 45 e 64 anos cresceu 20%, o que representa uma grande mudança de comportamento”, afirma. 

Ignorar esse movimento seria, portanto, uma falta de estratégia. Confira a seguir o que pode ser feito para atrair a atenção dos mais velhos!

Como as empresas podem conquistar os mais velhos?


Existem algumas estratégias que as marcas podem pensar na hora de se comunicar com os idosos. Veja só!

Ser direto e claro


É importante tomar cuidado com a criatividade e as brincadeiras na hora de fazer publicidade para os mais velhos. Diferentemente dos jovens que têm uma forma de reagir aos conteúdos publicitários, eles costumam não estar por dentro de todos os memes e do que acontece na internet. 

Por isso, o ideal é apostar em uma comunicação leve e criativa, mas que seja direta e clara. Assim, o público irá reconhecer do que se trata em poucos segundos. 

Cuidado com a usabilidade


As peças e conteúdos publicitários precisam ser intuitivos para que os consumidores ajam sozinhos. Mesmo que tenham o auxílio de filhos e netos, os idosos gostam de ser independentes e mexer na internet por conta própria. 

As letras, por exemplo, devem ter boa leitura e/ou possibilidade de serem aumentadas. Nesse sentido, uma das soluções encontradas pelas marcas foi o panfleto digital. Eles têm a mesma estruturas dos físicos e, por isso, são facilmente reconhecidos por todos. 

No catálogo digital da Natura, por exemplo, os idosos encontram promoções de produtos específicos para eles, como a famosa linha Chronos. Além, é claro, de outros cosméticos para todas as idades, afinal, o consumidor pode querer comprar algo para um familiar ou amigo. As informações nesse tipo de encarte são dispostas de maneira bastante clara, bastando que o usuário role a página. Caso prefira, também é possível baixar um aplicativo para ter acesso a todas as informações desta e de outras marcas. 

Foco no atendimento 


Imagine que o consumidor tenha um problema ou dúvida sobre o produto. Como ele poderá resolver isso? É necessário que haja um contato - de preferência um telefone - para onde o público possa ligar. 

No site, esse tipo de informação deve estar em evidência para que as pessoas não tenham que ficar procurando. Por serem de outra geração, em que o contato humano era mais comum, os idosos prezam bastante por um bom atendimento. Então, não basta focar apenas na venda dos produtos se não tiver alguém para se comunicar com essas pessoas.

Como visto, o aumento de idosos fazendo compras digitais trouxe uma nova possibilidade para o mercado de marketing. Agora, além de se comunicar com os jovens, é importante que as marcas olhem com atenção para os mais velhos e tracem estratégias adequadas para eles. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade