UAI
Publicidade

Estado de Minas

IBGE retifica número de vagas em concurso para agentes censitários

Essa é a segunda retificação no número de vagas do edital complementar para esta seleção


21/06/2022 11:33

Divulgação
Divulgação (foto: Divulgação)
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) retificou novamente o último edital complementar do concurso para agentes censitários.  A informação foi publicada no Diário Oficial da União, nesta terça-feira (21/6). Confira o documento.

 

A alteração foi no número de vagas ofertadas no edital complementar. Antes, foram anunciadas 913 vagas para os cargos de agente censitário municipal e agente censitário supervisor. A oferta, de acordo com o novo texto, reduziu para 885 oportunidades. As chances ficaram distribuídas da seguinte forma:

  • agente censitário municipal (262 vagas); e

  • agente censitário supervisor (623).


Essa é a segunda retificação do concurso. Na primeira, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística elevou a oferta de vagas de 840 para 913 postos. 


A mudança aconteceu após finalizadas as inscrições. Segundo o edital complementar, o prazo para se cadastrar se encerrou no último domingo, 19 de junho. 


A seleção visa o preenchimento de vagas para a realização do Censo Demográfico de 2022. Os selecionados vão atuar em 515 cidades do país, sendo elas nos estados do Acre, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. 


Ambos os cargos exigem nível médio e oferecem ganhos de R$ 2.100, para o agente censitário municipal, e de R$ 1.700, para os supervisores. Além disso, os aprovados farão jus a  auxílios alimentação, vale transporte, auxílio pré-escolar, férias e 13º salário proporcionais. O contrato será de cinco meses, podendo ser prorrogado a depender da disponibilidade do Instituto. 


Os candidatos inscritos serão avaliados por meio de uma análise curricular. O resultado final está previsto para o dia 1º de julho.


Concurso IBGE 

O concurso do IBGE ofereceu 206.891 vagas temporárias em todo o país. O objetivo é montar a equipe que vai realizar o censo demográfico 2022.  As vagas foram distribuídas da seguinte maneira:

  • nível fundamental: recenseador (183.021 vagas);

  • nível médio: agente censitário supervisor (18.420 vagas) e agente censitário municipal (5.450 vagas).


Os ganhos mensais são de R$ 1.700 para o agente supervisor e R$ 2.100 para o agente municipal. Com o auxílio-alimentação de R$ 458, os valores sobem para R$ 2.158 e R$ 2.558, respectivamente. Ainda é oferecido o direito ao auxílio-transporte e ao auxílio pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais.


No caso do recenseador, a remuneração será por produção, calculada por setor censitário, por unidades recenseadas (domicílios urbanos e/ou rurais), tipo de questionário (básico ou amostra), pessoas recenseadas e registro no controle da coleta de dados.   Confira aqui o simulador!


A jornada de trabalho recomendável para o recenseador é de, no mínimo, 25 horas semanais, além da participação integral e obrigatória no treinamento. Já os agentes irão atuar 40 horas semanais, oito horas por dia. 


O contrato dos agentes terá duração de cinco meses, enquanto o recenseador irá trabalhar, inicialmente, por três meses. Os profissionais poderão ter os contratos prorrogados conforme a necessidade do IBGE.



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade