Publicidade

Estado de Minas

Último dia! Ministério da Economia encerra hoje inscrições para 590 vagas

São 590 vagas abertas, sendo 100 imediatas


08/04/2021 09:40

(foto: Ministério da Economia/Divulgação)
(foto: Ministério da Economia/Divulgação)
Ministério da Economia encerra nesta quinta-feira (8/4) o período de inscrições para o processo seletivo simplificado para preenchimento de 590 vagas, sendo 100 vagas imediatas. 

Interessados podem realizar o cadastro pela internet, através do endereço eletrônico www.idib.org.br. A taxa é de R$36 (nível médio) ou R$38 (superior).

Os exames, que estavam marcados para 4 de abril, agora, estão marcado para 6 de junho de 2021. 

As provas objetivas serão realizadas na cidade de Brasília-DF em locais que serão divulgados oportunamente  por meio do site da banca. Poderão ser utilizadas cidades circunvizinhas, dependendo da necessidade.

A seleção

Ao todo são 590 vagas, sendo 100 vagas temporárias imediatas e formação de cadastro reserva de 490. Os salários variam entre R# 1.700 e R$ 6.130.

As vagas serão para os cargos temporários de coordenador de análise de prestação de contas, analista de prestação de contas, agente de apoio de prestação de contas e analista de instauração de tomada de contas especial. Veja:

Coordenador de análise de prestação de contas: Serão 4 vagas. Exigência de graduação em Administração, Economia, Contabilidade ou Direito; mais experiência profissional superior a três anos em organizações públicas ou privadas na sua área de atuação ou possuir título de pós-graduação lato sensu, mestrado ou doutorado na área. Salário de R$ 6.130.

Analista de prestação de contas: Serão 48 vagas. Exigência de graduação em qualquer área de formação. Salário de R$ 3.800.

Agente de apoio de prestação de contas: Serão 8 vagas.  Exigência de nível médio técnico em Administração, Contabilidade ou informática. Salário de R$ 1.700.

Analista de instauração de tomada de contas especial: Serão 40 vagas. Exigência de graduação em qualquer área de formação. Salário de R$ 3.800.

Os profissionais a serem contratados serão alocados em subunidades da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade – SEPEC – Secretaria de Políticas Públicas de Emprego – SPPE e Subsecretaria de Supervisão e Estratégia – SUPE – para desempenhar, entre outras, atividades relacionadas à apoio, coordenação e exame, referente a todas as etapas que compõe o processo de análise de prestação de contas, relativas aos instrumentos firmados e/ou celebrados pela Secretaria de Políticas Públicas de Emprego, e à instrução e formalização de processos de Tomada de Constas Especial – TCE , expedindo manifestação conclusiva acerca do assunto.

Dentre os requisitos, é necessário apresentar diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio ou nível superior, a depender da função escolhida, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério de Educação, comprovado por meio de apresentação de original e cópia do respectivo documento.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade