Publicidade

Estado de Minas

TCDF divulga resultado provisório das provas objetivas para auditores

São ofertadas 10 vagas de provimento imediato além de formação de cadastro de reserva. A remuneração é de de R$16.673,35.


29/03/2021 08:40

(foto: TCDF/Divulgação)
(foto: TCDF/Divulgação)
O Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) publicou, no Diário Oficial desta segunda-feira (29/3), o resultado provisório das provas objetivas do último concurso para o cargo de auditor de controle externo. São ofertadas 10 vagas de provimento imediato além de formação de cadastro de reserva. A remuneração é de de R$16.673,35.

As justificativas de alteração/anulação de gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas estarão à disposição dos candidatos a partir da data provável de 30 de março de 2021, no site do Cebraspe.

Os candidatos poderão interpor recurso contra o resultado provisório nas
provasobjetivas, das 10 horas do dia 30 de março de 2021 às 18 horas do dia 13 de abril de 2021(horário oficial de Brasília/DF), no site do Cebraspe, por meio do Sistema Eletrônico de Interposição de Recurso. Após esse período, não serão aceitos pedidos de revisão.

O edital de resultado final nas provas objetivas e de convocação para a prova
discursiva será publicado no Diário Oficial do Distrito Federal e divulgado na data provável de 23 de abril de 2021.

O concurso 

O concurso público é organizado e executado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

Para se candidatar foi necessário  ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Das vagas, seis são para chamada na modalidade de ampla concorrência, duas reservadas a candidatos com deficiência e mais duas para negros. 

O concurso será composto de provas objetivas de conhecimentos básicos e específicos e provas discursivas. Ambas de caráter eliminatório e classificatório. 

Segundo o edital, os auditores serão responsáveis por executar atividades relacionadas à fiscalização contábil, financeira, orçamentária, patrimonial e operacional da Administração Pública do Distrito Federal, bem como examinar a legalidade dos atos de admissão, de aposentadoria, de reforma e de pensão.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade