Publicidade

Estado de Minas

Aprovados no CBMDF 2017 reivindicam a posse dos cargos em manifestação

O último concurso público do CBMDF ocorreu em 2017 e aprovou mais de 350 pessoas, entretanto, os profissionais ainda não foram convocados


16/09/2020 16:14

(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)
Aproximadamente 120 dos 355 aprovados no concurso de 2017 do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) se reuniram nessa terça-feira (15/9) em frente ao Palácio do Buriti para reivindicar a convocação para ingresso no Curso de Formação de Bombeiros Militares. Os profissionais aprovados no concurso público tiveram processo de nomeação suspenso em 29 de maio deste ano, devido às medidas de combate à covid-19, impostas pelo GDF. 

A suspensão de nomeação da seleção foi divulgada menos de uma semana antes da entrega de documentos, o que fez com que os candidatos gastassem dinheiro com passagem, compra de uniformes e autenticações em vão. Alguns até mesmo chegaram a pedir demissão dos próprios empregos e, até hoje, seguem esperando atualização do cronograma para poderem atuar no Curso de Formação. 

A Lei Complementar nº 173 permite a suspensão dos prazos de validade dos concursos públicos homologados na data da publicação do Decreto Legislativo nº 6 de 20 de março de 2020, em todo o território nacional, até o término da vigência do estado de calamidade pública estabelecido pela União. Isso impede os estados e municípios de aumentar as despesas com pessoal até dezembro de 2021.

No entanto, o artigo 8º, inciso IV, autoriza a nomeação de alunos de cursos de formação militar, evitando, dessa forma, a descontinuidade da prestação dos serviços públicos essenciais — atividades indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade, assim considerados aqueles que, se não atendidos, colocam em perigo a sobrevivência, a saúde ou a segurança da população. Fica claro nessa ressalva que a contratação dos 355 aprovados no último concurso CMBDF é de extrema necessidade e urgência, ainda mais no atual cenário, onde o bombeiro militar trabalha na linha de frente ao combate da covid-19.
 
(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)
 

O concurso

 
O último concurso público do CBMDF foi realizado em 2017, com 355 aprovados para os seguintes cursos de formação: oficiais bombeiros militares combatentes, oficiais bombeiros militares de saúde e complementar, praças na qualificação bombeiro militar geral operacional, praças na qualificação bombeiro militar geral de condutor e operador de viaturas, praças na qualificação bombeiro militar geral de manutenção (aeronaves/equipamentos) e praças na qualificação bombeiro militar geral de manutenção (veículos/equipamentos).
 
A remuneração dos profissionais selecionados variava entre R$ 5.108 e R$ 11.654. O conteúdo e carga horária dos cursos são definidos pela Diretoria de Ensino da Corporação. 

O exame foi composto por prova objetiva e discursiva, exame de aptidão físico, inspeção de saúde, avaliação psicológica e sindicância de vida pregressa. 
 
* Estagiária sob supervisão de Humberto Rezende 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade