Publicidade

Estado de Minas

TJRS: inscrições abertas da seleção para o cargo de conciliador cível

A lotação será para a Comarca de Nonoai


postado em 10/06/2019 16:13 / atualizado em 12/06/2019 11:32

(foto: Divulgação/TJRS)
(foto: Divulgação/TJRS)
O Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul (TJRS) publicou o edital do novo processo seletivo que irá ofertar uma vaga para o cargo de conciliador cível para lotação na Comarca de Nonoai. A remuneração atual é de R$ 9.237,50.
 
As inscrições podem ser realizadas até 19 de junho no Cartório da Vara Judicial de Nonoai, no endereço Rua 31 de Maio, nº 543, Centro Nonoai. Para assumir o cargo é necessário ser bacharel em direito e possuir idade igual ou superior a 60 anos.

A seleção será realizada por prova escrita e prova de títulos. A prova objetiva está prevista para ser realizada em 5 de julho e deverá contará de 20 questões objetivas com disciplinas direito civil, direito processual civil, direito do consumidor e Lei N. 9.099/95. 

processo seletivo terá validade de dois anos, contados a partir da data da publicação da homologação da classificação final, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período, a depender do órgão.

Outras oportunidades

Tribunal Regional Federal da 4ª Região, com sede em Porto Alegre/RS está com as inscrições abertas do concurso visa formar cadastro reserva nos cargos de analista e técnico judiciários do quadro permanente de pessoal, de Santa Catarina (JFSC) e do Paraná (JFPR). As remunerações variam entre R$ 7.591,73 e R$ 12.455,30, além de benefícios. 

As inscrições devem ser realizadas até 26 de junho pelo site da FCC, banca organizadora do certame. As taxas variam de R$ 61 a R$ 71. Todos serão submetidos a provas objetivas e discursivas (dependendo do cargo, estudo de caso ou redação) em 4 de agosto, os candidatos a técnico de segurança e transporte ainda ainda farão prova de capacidade física. Confira mais sobre o certame! 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade