Publicidade

Estado de Minas

PRF divulga resultado provisório de avaliação de saúde do concurso

Concurso oferece vagas para o cargo de policial rodoviário federal


postado em 28/05/2019 10:55 / atualizado em 29/05/2019 11:32

(foto: Renato Souza/CB/D.A Press)
(foto: Renato Souza/CB/D.A Press)
A Polícia Rodiviária Federal (PRF) divulgou, nesta terça-feira (28/5), o resultado provisório na avaliação de saúde, referente ao concurso público para provimento de vagas no cargo de policial rodoviário. Clique aqui para conferir os candidatos considerados aptos. 

Os candidatos poderão visualizar o parecer da junta médica a partir desta terça-feira (28) até às 18 horas do dia 4 de junho de 2019, no site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos ( Cebraspe), que é a banca organizadora do certame. 

Quem desejar interpor recursos contra o resultado provisório, deverá acessar o site da banca no período entre 3 de junho e 18 horas do de 4 de junho e, se for o caso, enviar, via upload, anexos ao recurso, exames faltantes, que tenham sido entregues com algum tipo de erro, vício e(ou) de forma incompleta, bem como aqueles que tenham sido solicitado pela junta médica para fins de elucidação diagnóstica.

Nos casos de inaptidão temporária na avaliação de saúde em que a junta médica tenha solicitado exames para confirmação do resultado, estes deverão ser entregues, obrigatoriamente, anexos ao recurso.

O edital de resultado final na avaliação de saúde e de convocação para a avaliação psicológica será publicado no Diário Oficial da União e divulgado no site do Cebraspe, na data provável de 11 de junho de 2019.

A avalição psicológica ocorrerá na data provável de 16 de junho de 2019.

Concurso

São 500 vagas para o cargo de policial rodoviário federal para os aprovados exercerem jornadas de trabalho de 40 horas semanais. O salário chega a até R$ 9,4 mil. Para assumir o cargo é  preciso ter diploma de nível superior em qualquer área de formação.

Ao todo, foram 129.152 inscritos no concurso. As lotações serão para os estados Acre (17), Amapá (28), Amazonas (23), Bahia (17), Goiás (27), Maranhão (18), Mato Grosso (9), Mato Grosso do Sul (35), Minas Gerais (57), Pará (81), Piauí (22), Rio de Janeiro (10), Rio Grande do Sul (74), Rondônia (15), Roraima (23), São Paulo (19) e Tocantins (25).

Além de provas discursivas e objetivas, o certame conta ainda com exame de capacidade física, avaliação de saúde, psicológica e de títulos, e investigação social. Após, há o curso de formação profissional, considerado a segunda etapa do concurso.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade