Publicidade

Estado de Minas

Seduc/RO: seleção oferta 195 vagas para cuidador e intérprete de Libras

Inscrições devem ser realizadas pelo site da Secretaria


postado em 20/05/2019 10:32 / atualizado em 21/05/2019 11:09

(foto: Divulgação/MEC)
(foto: Divulgação/MEC)
A Secretaria de Estado de Educação de Rondônia (Seduc/RO) divulgou edital de se mais novo processo seletivo simplificado para contratação de profissionais para as Escolas da Rede Pública Estadual. Estão sendo ofertadas 195 vagas, sendo 133 para cuidadores e 62 para intérprete de Libras. Os aprovados exercerão jornadas de trabalho de 40 horas semanais para receberem remuneração de R$ 1.270,06, além de gratificações e auxílio transporte. 
 
Os aprovados serão lotados na Alta Floresta do Oeste, Ariquemes, Buritis, Cacol, Cerejeiras, Costa Marques, Espigão do Oeste, Guajará Mirim, Jaru, Ji-Paraná, Machadinho do Oeste, Ouro Preto do Oeste, Pimenta Bueno, Porto Velho, Rolim de Moura, São Francisco do Guaporé e Vilhena. 

A seleção para cuidador será realizada por prova objetiva. Já para intérprete haverá prova de títulos e prova prática. A prova objetiva contará com disciplinas de língua portuguesa e matemática. 

As inscrições abrem em 20 de maio e devem ser realizadas até 29 do mesmo mês, pelo site da Secretaria. O candidato deverá no ato da inscrição marcar em campo específico da Ficha de Inscrição, uma única opção de vaga/localidade. Depois de efetivada a inscrição, não será aceito pedido de alteração de opção, sendo considerada como válida a última inscrição efetivada. 

processo seletivo simplificado terá validade de um ano, contados a partir da data da publicação da homologação da classificação final, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período, a depender do órgão.

Para assumir os cargos é necessário ser brasileiro nato ou naturalizado, ter idade mínima de 18 anos, possuir o nível de escolaridade exigido para o exercício do emprego, ter aptidão física e mental, para o exercício das atribuições do emprego, Firmar declaração de que não possui vínculo empregatício de caráter emergencial com a Secretaria de Estado da Educação e declarar não estar cumprindo sanção por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público e/ou entidade da esfera federal, estadual e/ou municipal.


Publicidade