Publicidade

Estado de Minas

Iges/DF abre 2.420 vagas para hospitais de Base, Santa Maria e Upas

Seleção foi anunciada nesta terça-feira (14/5) e já está com as inscrições abertas


postado em 14/05/2019 17:23 / atualizado em 16/05/2019 11:32

(foto: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press )
(foto: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press )
O Governo do Distrito Federal informou que o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF) - composto pelo Hospital de Base, Hospital Regional de Santa Maria, e as seis UPA's doDF -, abriu novo processo seletivo para preencher 2.420 vagas em mais de 40 cargos e formar cadastro de reserva. O anúncio da seleção foi feito em coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (14/5), com diretor-presidente do Iges-DF, Francisco Araújo, e o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, na Escola de Governo (Egov). 

As inscrições já estão abertas e poderão ser feitas somente até o próximo domingo (19/5), pelo site do Iges

“Após essa contratação, nós vamos dar a resposta para população, que é oferecer serviço de qualidade e atendimento humanizado. [...]Não adianta ter equipamentos e não ter pessoal. Por isso, agir de maneira rápida é uma determinação do governador Ibaneis Rocha,” disse  Araújo. 

Os aprovados para o Hospital de Base devem ser convocados ainda em maio. A prioridade é para o chamamento de médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. O governo planeja convocar os profissionais das UPA’s e para o HRSM em junho, quando a administração dessas sete unidades será completamente transferida para o Iges-DF. 


Distribuição de vagas

Para o Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) são oferecidas 1.190 oportunidades, sendo 280 para técnico de enfermagem, 190 para enfermeiro e 127 para médico plantonista. Para o Hospital de Base são 701 vagas, sendo 255 para técnico de enfermagem, 55 para enfermeiro e 36 para clínico médico. Para as UPAs, por sua vez, são 529 oportunidades, sendo 152 para técnico de enfermagem, 76 para enfermeiro e 53 para médico plantonista.

A seleção está sob a organização do próprio Iges/DF. Segundo o instituto, a primeira fase é a de recrutamento de candidatos, seguida de avaliações de natureza técnica, podendo ser feitas avaliações específicas de conhecimentos. A terceira fase é destinada a avaliações competências comportamentais. 

O objetivo do Iges/DF é formar 16 turmas com 20 candidatos, totalizando 320 candidatos avaliados por dia por uma equipe composta por 35 profissionais. 

As contratações serão feitas pelo regime de Consolidação de Leis do Trabalho (CLT). 



* Com informações da Agência Brasília. 


Publicidade