Publicidade

Estado de Minas

Marinha lança dois editais de concurso para nível superior

Inscrições começam amanhã. Remuneração pode chegar a R$ 8.245,00


postado em 25/03/2019 14:49 / atualizado em 27/03/2019 05:32

(foto: Marinha/Divulgação)
(foto: Marinha/Divulgação)

A Marinha publicou mais dois editais de concursos! Dessa vez, são 32 vagas ao total, ambas de nível superior.
 
As inscrições começam amanhã, 26 de março, e encerram no último minuto do dia 12 de abril, no site oficial da Marinha. O valor da taxa do primeiro edital é de R$ 126, e do segundo é de R$ 127. Poderá ser efetuado por débito em conta corrente ou pela apresentação do boleto bancário impresso, em qualquer agência bancária, até o dia 22 de abril.
 
Há possibilidade de isenção da taxa para os candidatos pertencentes à família inscrita no CadÚnico, cuja renda mensal seja inferior ou igual a meio salário mínimo nacional, bem como para os candidatos doadores de medula óssea.

 

As cidades disponíveis para realizações das provas e eventos complementares são: Rio de Janeiro/RJ, Angra dos Reis/RJ, Nova Friburgo/RJ, São Pedro da Aldeia/RJ, Vila Velha/ES, Salvador/BA, Natal/RN, Olinda/PE, Fortaleza/CE, Amapá/AP, Piauí/TE, Santarém/PA, São Luís/MA, Porto Alegre/RS, Rio Grande/RS, Paranaguá/PR, Ladário/MS, Brasília/DF, Santos/SP, São Paulo/SP e Manaus/AM.

Primeiro edital – Quadro Técnico

São ofertadas 25 vagas para o Quadro Técnico como primeiro-tenente. A oportunidade é para ambos os sexos, de nível superior e a remuneração pode chegar a R$ 8.245,00.
 
Para se inscrever, é necessário ter menos de 36 anos no primeiro dia do ano de 2020, ter concluído ou estar em fase de conclusão do curso superior na área escolhida. As oportunidades são para ciências biológicas (na área de biologia marinha), comunicação social, direito, estatística, informática, meteorologia, oceanografia, pedagogia, psicologia, serviço social e segurança do tráfego aquaviário (nas profissões de engenharia naval e ciências náuticas). Confira o quantitativo de vagas:



 
A primeira etapa é uma prova objetiva composta por 50 questões e uma redação. Os candidatos inscritos ao cargo que exige direito farão ainda um teste discursivo. O edital não divulgou a data exata das provas, mas afirma que as escritas serão realizadas na segunda quinzena de junho.
 
A segunda fase da seleção é composta por eventos complementares, que englobam verificação de dados biográficos, inspeção de saúde, teste de aptidão física, avaliação psicológica, verificação de documentos, prova de títulos e procedimento de heteroidentificação.
 
A terceira fase é o Curso de Formação de Oficiais (CFO), realizado no Rio de Janeiro/RJ, com duração de, aproximadamente, 31 semanas. Durante este curso, o aluno receberá remuneração de R$ 6.993,00, além de alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa. No CFO, o candidato é nomeado Guarda-Marinha.
 
Formado no curso, o aluno ingressa no Quadro Técnico como primeiro-tenente, cujo salário é de R$ 8.245,00, de acordo com a tabela de soldos da Marinha


O início do curso está marcado para 9 de março de 2020.

Segundo edital – Quadros Complementares

O segundo concurso é destinado para o cargo de segundo-tenente, com ingresso nos Quadros Complementares de Oficiais da Marinha. Depois da aprovação no Curso de Formação, o salário do segundo-tenente chega a R$ 7.490,00.

 
Há oportunidades no Quadro Complementar de Oficiais da Armada, com vagas em eletrônica, concentração de máquinas e sistemas de armas, e no Quadro Complementar de Oficiais Fuzileiros Navais, nas partes de concentração de máquinas, eletrônica, educação física e sistema de armas.
 
O concurso é destinado exclusivamente para candidatos do sexo masculino com menos de 29 anos, até o primeiro dia do ano de 2020.
 
A primeira fase do concurso é constituída por prova objetiva de conhecimentos profissionais e inglês, junto com redação. A segunda etapa são os eventos complementares, compostos por verificação de dados biográficos, inspeção de saúde, teste de aptidão física, prova de títulos, avaliação psicológica e verificação de documentos.
 
A última parte do certame é o Curso de Formação (CFO). O Curso é composto por um processo de adaptação, que dura um período de aproximadamente três semanas e uma etapa básica. Durante este curso, o aluno, nomeado Guarda-Marinha receberá remuneração dos militares, equivalente a R$ 6.993,00, além de alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa.
 
Durante o CFO, o candidato fará um estágio de aplicação, com duração de até uma semana, realizado em Organização Militar (OM) designada para tal. Após a aprovação, o aluno será denominado segundo-tenente, cujo salário consta R$ 7.490,00.


Publicidade