Publicidade

Estado de Minas

Até R$ 11 mil: Seduc/RO e CGE/CE encerram inscrições para 875 vagas

Última chance para concorrer, inscreva-se!


postado em 14/03/2019 13:16 / atualizado em 15/03/2019 17:32

Encerram-se, nesta quinta-feira (14/3), as inscrições de dois concursos públicos para profissionais de nível superior. Ao todo, estão sendo ofertadas 875 vagas para a Controladoria Geral do estado do Ceará (CGE/CE) e para a Secretaria de Educação de Rondônia (Seduc/RO). As remunerações variam de R$ 1.290,93 a R$ 11.742,96 para exercerem jornadas de 20 a 40 horas semanais.

 

Seduc RO

O processo seletivo simplificado abriu 850 vagas, sendo 845 para professores com carga horária de 40 horas semanais e cinco para 20 horas semanais. As remunerações variam entre R$ 1.290,93 e R$ 2.581,86, a depender da carga horária escolhida. 

A inscrição é gratuita e os interessados podem se cadastrar até as 23h59, preenchendo formulário de inscrição com dados pessoas e curriculares para avaliação de títulos. Até 15 de março, os candidatos ainda deverão entregar os respectivos documentos comprobatórios nas Coordenadorias Regionais de Educação (CRE’s/SEDUC). 

De acordo com o governo estadual, as vagas disponibilizadas são para prover as necessidades de professores nas localidades e disciplinas para as quais não houveram inscritos e/ou aprovados no concurso público realizado no ano em curso.
 

CGE CE

A Controladoria também está encerrando as inscrições do concurso público para auditor. Foram abertas 25 vagas e os aprovados exercerão jornadas de trabalho de 40 horas semanais para receberem remuneração inicial de R$ 4.281,16. Também serão acrescidos gratificações de desempenho de atividade de auditoria (GDAA) de gratificação de titulação, que pode fazer o salário chegar a R$ 11.742,96. 

As inscrições devem ser realizadas até as 18h, pelo site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), banca organizadora do certame. A taxa é de R$ 150 e deve ser paga até 10 de abril. 

Os candidatos podem optar entre as áreas de campo de atuação governamental, campo de atuação de obras públicas, campo de atuação de tecnologia da informação, área de correição e área de fomento ao controle social.

O concurso é composto por provas objetivas, curso de formação, avaliação psicológica, avaliação de títulos e avaliação biopsicossocial para os candidatos às vagas destinadas a pessoas com deficiência.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade