Publicidade

Estado de Minas

Altos salários e benefícios! Veja dicas de especialistas para o concurso da DPDF

O concurso oferece 12 vagas, além de cadastro de reserva, para defensor e remuneração de R$ 24.668,75


postado em 08/03/2019 10:11 / atualizado em 11/03/2019 11:32

(foto: USP/Imagens/Divulgação)
(foto: USP/Imagens/Divulgação)
A Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) publicou um novo edital de concurso público com 12 vagas, além de cadastro de reserva, para o cargo de defensor de segunda categoria. Esta seleção, de acordo com o professor de direito constitucional do Gran Cursos Online, Aragonê Fernandes, merece destaque diante da alta remuneração, que é de R$ 24.668,75,e também por oferecer benefícios como trabalhar em meio período. “Além desses atrativos, o trabalho também será em ambiente agradável e se trata de uma função que efetivamente transforma a vida das pessoas. O que é bastante gratificante”, completa.

 

O professor de direito constitucional do IMP Concursos, Zélio Maia, também acredita que o certame merece grande destaque já que é um dos mais concorridos e, ao mesmo tempo, um concurso que está sempre em evidência. “A razão disso é que a estrutura da Defensoria está em formação pois se trata de uma carreira nova decorrente da alteração promovida pela EC n° 69/2012 ao artigo 21, inc. XIII da Constituição Federal  que retirou a DPDF da tutela da União, passando-a para o Distrito Federal e igualando seu tratamento às Defensorias dos estados. Por isso sua estrutura é toda nova e a carreira igualmente é nova o que dá aos seus integrantes perspectivas de crescimento em curto prazo”, diz.

 

Planejamento é tudo

Fernandes alerta que o edital traz uma lista de disciplinas bastante extensa e por isso o candidato precisa de uma boa programação para estudar tudo. “Além disso, a seleção será composta por quatro etapas e isso demanda esforço”, diz.

 

Leia mais: 

Veja quais serão as etapas do concurso da DPDF

 

 

Quanto ao número de vagas, o professor é otimista. “Embora o edital venha com 12 vagas e isso seja desesperador num primeiro momento, haverá cadastro de reserva e 300 pessoas vão paras as provas discursivas e 350 vão para as provas orais”, lembra.

 

Para ele, o tempo de estudo até a prova é excelente, já que são mais de três meses. Porém, faz um alerta.“Fique atento, pois isso também pode funcionar como uma armadilha. O candidato que não tiver uma boa gestão do tempo, vai se perder e junho chegará. Então, é importante ter uma boa programação para o enfrentamento de todo o conteúdo do edital”, aconselha.

 

Segundo o professor, quem quer garantir uma vaga deve focar em um trio: leitura da lei seca, acompanhamento da jurisprudência e resoluções de questões do Cebraspe para cargos da área jurídica. “Além disso, na programação de estudos pode-se dar maior ênfase para algumas disciplinas destacando-se o direito constitucional, penal e civil”, diz.

 

Maia também concorda que algumas disciplinas merecem maior atenção. “Costumo dizer que todas as disciplinas são importantíssimas, mas não resta dúvidas de que há matérias que são a base do concurso e seus conceitos são a base de outras matérias. Assim, sempre oriento que as matérias direito administrativo, constitucional, civil, processo civil, penal e processo penal são, indiscutivelmente, as que exigem maior atenção. As demais, por serem, normalmente, desdobramentos de uma dessas, há uma maior facilidade de compreensão o que facilita o seu estudo”, ressalta. 

 

Anote as dicas

  • No direito civil, dê atenção para área de família
  • No direito penal, o foco deve ser de maneira geral por conta da atuação da DPDF
  • No direito constitucional, é importante estudar a legislação aplicada à própria Defensoria
  • Faça sempre um mix entre leitura da legislação e resolução de exercícios
  • Resolva uma prova completa a cada 15 dias
  • No primeiro momento, foque apenas na prova objetiva

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade