Publicidade

Estado de Minas

Marinha retifica concurso no último dia de inscrições

Seleção oferta mil vagas para aprendizes-marinheiros


postado em 13/02/2019 16:29 / atualizado em 14/02/2019 12:34

(foto: Divulgação/Marinha)
(foto: Divulgação/Marinha)
O concurso da Marinha para admissão às Escolas de Aprendizes-Marinheiros (EAM), além de encerrar suas inscrições hoje (13/02), também retifica o edital pela primeira vez. A modificação se refere à verificação de documentos, na parte de declaração de comprovante de conclusão de curso, que pode ser conferido aqui.


Para participar do concurso, é necessário ensino médio completo. O candidato deverá apresentar a declaração prevista no edital, junto com o certificado de conclusão escolar, até a data de sua matrícula na Marinha.

Quem quiser concorrer, ainda dá tempo! Basta acessar o site da Marinha e se inscrever sob o valor de R$ 42. O pagamento será aceito até o dia 20 de fevereiro.

Há uma série de exigências para entrar no órgão, entre elas estão:

  •  ser brasileiro nato ou naturalizado, do sexo masculino;
  •  não ser casado ou não ter constituído união estável, assim permanecendo durante todo o período em que estiver sujeito aos regulamentos da Escola de Aprendizes-Marinheiros;
  •  ter 18 anos completos e menos de 22 anos de idade no primeiro dia do mês de janeiro 2020;
  •  ter altura mínima de 1,54m e máxima de 2m;
  •  ter concluído, com aproveitamento, o ensino médio até a data prevista no calendário de eventos, constante no anexo II, para a incorporação na EAM, entre outros.


O concurso tem como objetivo o preenchimento de 1 mil vagas, sendo 20% destinadas a candidatos negros. Os aprovados no concurso terão salário inicial no valor de R$ 981 e durante o curso de formação este valor aumentará para R$1.179,72. Terminado o curso, os marinheiros receberão a remuneração de R$1.950. O edital retificado pode ser conferido aqui.


O certame é formado por prova objetiva, verificação de dados biográficos, inspeção de saúde, teste de aptidão física, avaliação psicológica, verificação de documentos e procedimentos de heteroidentificação complementar à autodeclaração. As datas das provas ainda não foram definidas, porém todos os eventos complementares deverão ser realizados a partir de 17 de junho até 9 de agosto.

 

*Estagiária sob supervisão de Humberto Rezende


Publicidade