Publicidade

Estado de Minas

TJRS divulga edital de concurso público para conciliador e juiz

As inscrições devem ser realizadas presencialmente


postado em 31/01/2019 15:38 / atualizado em 04/02/2019 12:33

(foto: Divulgação/TJRR)
(foto: Divulgação/TJRR)

O Tribunal de Justiça do estado do Rio Grande do Sul (TJRS) divulgou o edital do processo seletivo para as funções de conciliador cível e de juiz leigo para a Comarca de Bento Gonçalves. Serão ofertadas 17 vagas, sendo 9 para o cargo de conciliador cível e 8 para juiz leigo. A remuneração atual é de R$ 9.237,50.

 

As inscrições estarão abertas de 11 a 15 de fevereiro e serão recebidas na sede do Fórum, na Avenida Presidente Costa e Silva, de segunda a sexta feira, no horário de expediente do Fórum. 

 

A seleção será realizada por prova escrita, de caráter eliminatório e classificatório, que ocorrerá na data provável de 15 de março. Também haverá prova de títulos, de caráter classificatório. Para o cargo de juiz também haverá prova prática. 

 

processo seletivo terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período contado a partir da data da publicação da homologação do resultado final. 

Outras oportunidades

Para os interessados, também estão sendo ofertadas outras oportunidades no Tribunal de Justiça do estado de Santa Catarina (TJSC) para provimento e remoção para outorga de delegações de notas e de registro do estado de Santa Catarina. O edital foi divulgado e serão 192 vagas, sendo 128 por provimento e 64 por remoção. Para os candidatos com deficiência serão destinadas 5% do total de vagas. A remuneração atual do cargo é de R$ 26.500. 

 

As inscrições estarão abertas a partir de 11 de março e devem ser realizadas pelo site do TJ até 12 de março. A taxa de inscrição será de R$ 350. A seleção será realizada por prova objetiva, escrita, prática, oral e de títulos.

 

é necessário que os candidatos tenham graduação em direito e exercido função em serviço notarial ou de registro por dez anos completos ou mais. Já para as vagas de ingresso por remoção poderão se inscrever titulares de serventias extrajudiciais de Santa Catarina, que detenham a delegação por mais de dois anos.

 

Confira aqui mais informações sobre o concurso público.

 


Publicidade