Publicidade

Estado de Minas

Vale a pena comprar seu imóvel ainda este ano?


postado em 17/12/2019 18:13

Reprodução / MF Press Global
Reprodução / MF Press Global

O mercado imobiliário está aquecido neste fim de ano e a motivação se deve à estabilidade da inflação e a queda histórica da taxa SELIC. Com isso, quem almeja comprar um imóvel poderá, finalmente, investir no sonho da casa própria com mais segurança.

O especialista no setor imobiliário Rafael Scodelario acredita que o momento é agora para aproveitar e realizar o sonho de comprar um imóvel: "quanto antes melhor. Por conta das taxas de financiamento imobiliário em queda e a confiança do consumidor aumentando, a procura por imoveis tende a aumentar e, consequentemente, subir também os preços em breve. Logo, o melhor momento é agora, antes da plena recuperação do mercado e a alta dos preços, já que a tendência, no próximo semestre, é subir pelo menos 10% acima da inflação os preços dos imóveis", revela.

Rafael Scodelário também incentiva que aqueles que já estão com recurso em mãos que façam o investimento no imóvel dos sonhos: "Quem está com recurso ou o financiamento aprovado, não perca tempo. A hora é agora. Quem está decidido a comprar o ideal também é oferecer o maior valor possível para conseguir dar uma entrada maior e assim quitar o imóvel mais rápido, dependendo menos das flutuações que a economia possa ter no futuro".

Condições
Scodelario no entanto alerta que é necessário ter em mente as condições de financiamento oferecidas pelos bancos: "geralmente é possível financiar até 85% do valor do imóvel. Aconselho que se comprometa no máximo 30% da renda com as prestações. Quanto às taxas de juros, variam entre 8,1% e 8,9% ao ano + TR (taxa referencial). No entanto, alguns programas oferecem a opção de financiamento de até 100%, por isso é preciso ficar atento".

O especialista avalia o momento favorável  tanto para a compra, quanto para a venda. "Há um deficit de moradias, fazendo o mercado atingir uma média histórica de ofertas. Muitas regiões do Brasil tem carência por habitação, então, a tendência é sempre de valorização do imóvel. Por isso recomendo que compre agora, porque o momento é favorável, antes da valorização", conta.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade