Publicidade

Estado de Minas

Youtuber brasileira faz live que vai durar toda a passagem do furacão Dorian pela Florida


postado em 03/09/2019 17:49

Reprodução / MF Press Global
Reprodução / MF Press Global

Anna Layza transmite ao vivo a passagem do furacão Dorian pela Florida em seu canal do YouTube

O furacão Dorian atingiu o norte das Bahamas neste domingo (1), com ventos de quase 300 km/h, deixando um rastro de destruição por onde passa. Agora ele segue a caminho da costa leste dos Estados Unidos, onde centenas de milhares de pessoas receberam ordem para abandonar suas casas. O NHC afirmou que a tempestade passará "perigosamente perto" da costa da Flórida na noite desta segunda-feira (2) e na madrugada de terça-feira.

A youtuber brasileira Anna Layza vive na Florida, nos Estados Unidos, e começou ontem uma transmissão ao vivo pelo YouTube em seu canal, o Hi Gorgeous: "estamos no ar desde as 11h de ontem (1). Coloquei câmeras do lado de fora, câmeras dentro do meu quarto e tenho postado videos todos os dias sobre o furacão Dorian. A live ficará no ar até o furacão passar totalmente. E todos os dias as 11h irei conversar com os que estiverem assistindo", declarou Anna Layza.

Reprodução / MF Press Global
Reprodução / MF Press Global

Anna Layza é uma das mais relevantes produtoras de conteúdo para o YouTube, e tem quase 7 milhões de inscritos. Durante a live, os fãs tem demonstrado preocupação com mensagens de apoio e carinho para a youtuber através do chat e pelo número de telefone disponibilizado por Anna para que falem com ela: "A previsão é de ventos de mais de 178km/h. O Dorian continua imprevisível. Ele atingiu as Bahamas como um furacão categoria 5, que é o máximo de força. Agradeço imensamente aos que estão acompanhando a live e demonstrando carinho e cuidado comigo".

Em Washington, o presidente Donald Trump se reuniu com os diretores de gestão de emergências e disse que "isto parece monstruoso". O NHC, com sede em Miami, informou que ao tocar a terra o Dorian igualou o recorde de furacão mais potente do Atlântico desde 1935. Até o momento não há informações sobre vítimas nas Bahamas.

Assista a Live de Anna Layza durante a passagem do furacão Dorian nos Estados Unidos: 


Publicidade