Publicidade

Estado de Minas

Colunista da ESPN e atleta Renata Spallicci revela que o fisiculturismo vai muito além de um corpo sarado


postado em 30/05/2019 13:20

Renata Spallicci  Foto: Reprodução
Renata Spallicci Foto: Reprodução

Recentemente aprovado como modalidade dos Jogos Pan Americanos a partir de 2019, o fisiculturismo tem ganhado cada vez mais relevância e reconhecimento como modalidade desportiva. A inclusão foi definida durante reunião da ODEPA (Organização Desportiva Pan-Americana) em Doha, no Catar. Também conhecido como culturismo, o esporte premia o atleta que melhor molda seu corpo. Muitos não sabem mas fisiculturismo é esporte e vai muito além de exibir músculos hipertrofiados, exigindo mais da mente do que do próprio corpo.

Dentre os expoentes do fisiculturismo nacional está a empresária e atleta profissional Renata Spallicci, que é uma grande defensora e propulsora do esporte em nível internacional e que partilha semanalmente em sua coluna na ESPN Brasil dicas para aqueles que querem alcançar não apenas um corpo mais atlético, com músculos definidos e hipertrofiados, e também melhor qualidade de vida: "o fisiculturismo é esporte, mas é muito além disso. É um estilo de vida e que pode trazer muito mais benefícios do que ficar de bem com o espelho e conquistar uma estética invejável". 

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

No entanto, Renata conta que, ao contrário do que muitos pensam, o segredo para alcançar o corpo dos sonhos é mais mental do que físico: "uma das características que mais amo no fisiculturismo é o quanto a atividade envolve o poder mental. Quem olha de fora, sem conhecer o esporte, pode pensar que, para ser um atleta fitness, tudo se resume ao corpo, a ganhar músculos e ter uma alimentação controlada. Sim, esta é uma realidade também, mas é somente a parte visível de quem não está por dentro do que, na verdade, é o fisiculturismo. Falo isso porque a parte invisível diz sobre o quanto precisamos ter força mental, exatamente para conseguirmos controlar nosso corpo a ter restrições alimentares severas, treinos altamente desgastantes e suportarmos as pressões das competições".

Renata durante competição de fisiculturismo em Londres  Foto: Reprodução
Renata durante competição de fisiculturismo em Londres Foto: Reprodução

A fisiculturista profissional e diva WBFF (World Beauty Fitness Fashion, em inglês) revela que a mente é um importante instrumento e, quando ela não está totalmente condicionada para suportar a carga emocional de uma competição ou de uma preparação, ou até mesmo de uma meta pessoal traçada por um atleta amador, esse descompasso se reflete automaticamente no resultado e na performance esportiva: "afinal, cabe à nossa dimensão psicológica integrar a motricidade, os conhecimentos táticos e mesmo o potencial fisiológico, de modo a garantir o alto desempenho. O Barão de Coubertin dizia que corpo são é sinônimo de mente sã, mas eu acredito que seja o oposto, que o corpo acompanha a mente e não o oposto. Só vamos conseguir ter o corpo que queremos se primeiro tivermos o mindset correto".


Publicidade