Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Governo considerou reformas ainda não aprovadas para fechar contas do Orçamento

Reforma da Previdência, por exemplo, foi considerada conforme o texto aprovada na Câmara dos Deputados


postado em 30/08/2019 16:30 / atualizado em 30/08/2019 16:57

(foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)
(foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)

Para fechar as contas do Orçamento de 2020, o governo considerou reformas que ainda estão em análise pelo Congresso Nacional. Os dados contabilizam a reforma da Previdência dos militares, de acordo com os critérios do projeto de lei enviado ao Congresso Nacional e que ainda não foi votado.

O Projeto de Lei Orçamentária (PLOA) de 2020 também considerou os parâmetros da reforma da Previdência de acordo com o texto aprovado pela Câmara dos Deputados.

A proposta de emenda constitucional, no entanto, ainda tem que ser apreciada pelo Senado.


Publicidade