Publicidade

Estado de Minas

Maia anuncia acordo para atender bancada feminina

Questionado pela imprensa se as emendas não estão sendo liberadas pelo governo, Maia afirmou que a relação com o Executivo é de desconfiança


postado em 09/07/2019 19:43

(foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)
(foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse agora que foi fechado acordo com a bancada feminina para atender à reivindicação de ajuste na fórmula de cálculo do benefício de contribuição exigido para mulheres.

Conforme as deputadas, apesar de o tempo de contribuição exigido ter sido reduzido de 20 para 15 anos, a contagem do acréscimo de dois pontos percentuais ao ano para que o valor da aposentadoria suba de 60% da média para 100% inicia aos 20 anos trabalhados, e não aos 15 anos.


Dois outros destaques supressivos serão apresentados no Plenário para atender às mudanças propostas pelas deputadas.


“Conquistamos até votos que não tínhamos”, disse o presidente.


Questionado pela imprensa se as emendas não estão sendo liberadas pelo governo, Maia afirmou que a relação com o Executivo é de desconfiança.


“A relação entre o Executivo e o Legislativo é sempre de desconfiança, porque esse governo no início gerou uma desconfiança na relação, mas isso vai caminhar para o leito normal do rio e vamos construir uma relação mais harmônica dos poderes”, ponderou.

 Com Agência Câmara


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade