Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Reforma do PIS/Cofins e tributação da PJ foi encaminhada a Guedes, diz Guardia


postado em 28/11/2018 12:16

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, disse ter encaminhado ao futuro ocupante da pasta Paulo Guedes propostas de mudanças tributárias que vinham sendo estudadas pelo atual governo, como a reforma do PIS/Cofins e a redução de Imposto de Renda para empresas. "Precisamos de uma reforma tributária para simplificar, reduzir custos e aumentar a competitividade ", afirmou, durante reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES).

Segundo Guardia, eventual perda de arrecadação com as mudanças poderão ser compensadas com a revisão de benefícios tributários concedidos, que representam 4,5% do PIB.

Guardia ressaltou ainda a necessidade de abertura comercial, reduzindo alíquotas de importação de forma gradual à medida em que avance reformas para aumento da produtividade de empresas brasileiras. A proposta está em linha com as estudadas por Guedes e sua equipe. "O Brasil ainda tem economia fechada, é preciso importar e exportar mais", completou.

Na presença de integrantes do novo governo, o ministro lembrou que os temas requerem amplo diálogo com Legislativo e com Judiciário e disse que as conversas entre o atual governo e a equipe de transição têm sido abertas. "Queremos colaborar, estamos todos no mesmo barco", concluiu.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade