Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Trump defende tarifas impostas sobre China e diz que "estamos apenas começando"


postado em 18/09/2018 16:51

O presidente dos EUA, Donald Trump, defendeu nesta terça-feira as tarifas impostas sobre a China e disse que este é apenas o começo.

Durante coletiva de imprensa, Trump foi questionado se as tarifas realmente estão ajudando a economia americana, uma vez que o déficit comercial dos EUA aumentou US$ 7 bilhões entre maio e julho, atingindo no último mês mencionado a maior alta mensal desde 2015. O presidente americano respondeu que as tarifas "estão, sim, indo muito bem e estamos apenas começando".

Ontem, Trump anunciou tarifas de 10% sobre o valor de US$ 200 bilhões em importações chinesas, e essas tarifas aumentarão para 25% no início de 2019.

Trump voltou a dizer que a China e a União Europeia têm "saqueado" os EUA. "China tem tomado "500 bilhões de dólares do nosso país e precisamos fazer mais". Em relação a União Europeia, Trump disse que tem sido difícil negociar porque o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, é "um homem muito duro e desagradável".

O presidente americano destacou também a dificuldade em chegar a um acordo com o Canadá, destacando que o "Canadá não pode continuar cobrando tarifas de 300% sobre produtos lácteos". "Preciso proteger trabalhadores americanos e agricultores", disse Trump.

Polônia

Em sem encontro com o presidente polonês, Andrzej Duda, Trump afirmou que ambos os países concordaram em elevar os gastos com defesa e inteligência, buscando a construção de uma base militar na Polônia, além de aumentar o acesso ao mercado de energia.

Duda, por sua vez, disse que a presença das forças armadas americanas trará segurança "para nós como parte no mundo". O presidente polonês também se ofereceu para contribuir com os gastos para a construção de uma base militar dos EUA.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade