Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Leilão de unidades retomadas envolve riscos


postado em 27/08/2018 11:45

O principal cuidado ao comprar um imóvel retomado em um leilão é o risco relacionado às unidades ocupadas. Muitas das residências oferecidas ainda estão com os mutuários inadimplentes e, nesse caso, o comprador é quem arca com o processo de reintegração de posse da nova casa. "O ônus é de quem compra. Essa é a maior diferença para uma compra tradicional e pode inibir alguns clientes", diz o presidente do Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP), Flavio Amary.

O executivo diz que, nesses casos, não é possível prever prazos e custos relacionado à essa desocupação. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade