Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Estudo do Fed revela desconforto com falta de atenção à taxa de desemprego baixa


postado em 24/08/2018 10:53

Um novo estudo do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) - divulgado antes do discurso que o presidente do Fed, Jerome Powell, fará em instantes - alerta que dirigentes da instituição deveriam prestar mais atenção aos possíveis efeitos de uma taxa de desemprego muito baixa na inflação do país.

Às 11h (de Brasília), Powell irá fazer pronunciamento sobre o tema "Política Monetária numa Economia em Transição", durante o simpósio anual do Fed em Jackson Hole, no Estado americano de Wyoming.

O estudo levanta uma questão enfrentada pelo Fed: como estabelecer as taxas de juros num momento em que a inflação não parece estar acelerando e a taxa de desemprego cai a níveis que, segundo economistas, deverão ajudar a impulsionar os salários e preços.

"Como a política monetária age com atraso, não é desejável esperar que a inflação se concretize", diz o estudo.

Em julho, a taxa de desemprego dos EUA ficou em 3,9%. Em junho, a maioria dos dirigentes do Fed projetou que a taxa de desemprego natural seria entre 4,1% e 4,7%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade