Publicidade

Estado de Minas

BNDES terá que assumir mais riscos para ser catalisador, diz Colnago


postado em 11/06/2018 14:54

Brasília, 11 - O ministro do Planejamento, Esteves Colnago, disse que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) terá de assumir mais riscos para promover o mercado de capitais brasileiro. Em evento promovido nesta segunda-feira, 11, pelo BNDES e pelo Tribunal de Contas da União (TCU), Colnago ressaltou que, no cenário de juros baixos, o banco terá um papel fundamental no desenvolvimento de empresas. "O BNDES terá que assumir mais riscos e terá que ser promotor e catalisador do mercado de capitais", afirmou.

Colnago reforçou a necessidade de reforçar as contas públicas e de fazer as reformas necessárias para isso. "Se reforçarmos as medidas necessárias para que continuemos com inflação baixa e taxa de juros baixa, podemos ter uma revolução no mercado de capitais. Não sabemos o potencial que esse mercado pode alcançar", acrescentou.

O ministro ponderou que o mercado privado tem se mostrado consistente, com superávits comerciais e forte entrada de investimento direto, mas, pelo lado fiscal, mesmo com a recomposição das receitas, a solvência de médio e longo prazo depende do cumprimento do teto dos gastos e da adoção de reformas "em breve". "O mercado de capitais precisa de reformas que garantam sustentabilidade das contas públicas", completou.

(Lorenna Rodrigues)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade