Publicidade

Estado de Minas

Kuroda, do BoJ, reitera otimismo apesar de tombo da Bolsa de Tóquio


postado em 06/02/2018 08:06

Tóquio, 06 - O presidente do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês), Haruhiko Kuroda, reiterou hoje sua visão otimista da economia e do mercado acionário domésticos, apesar do fraco desempenho recente da Bolsa de Tóquio, principalmente nos últimos dois dias.

Seguindo um movimento global, o índice acionário Nikkei despencou 4,73% nesta terça-feira em Tóquio, depois de já ter caído 2,55% no pregão anterior.

"Os lucros das empresas e os fundamentos econômicos - que são a base dos preços de ações - estão sólidos tanto aqui quanto no exterior", disse Kuroda, durante sessão no Parlamento japonês.

Kuroda também voltou a defender a política de relaxamento monetário do BoJ, incluindo as metas de juros e programa de compra de ações, refutando especulação de que banco central japonês esteja se preparando para retirar estímulos mais adiante.

O chefe do BoJ disse não estar considerando no momento a possibilidade de elevar a meta do juro do bônus do governo japonês (JGB) de 10 anos, atualmente em torno de zero.

Presente à mesma sessão parlamentar, o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, disse esperar que o BoJ mantenha esforços para atingir sua meta de inflação de 2%, mas acrescentou que melhorar as condições de emprego e salariais também é importante.

"Depende do BoJ decidir que medidas tomar, mas eu confio na capacidade do presidente Kuroda", declarou Abe. Fonte: Dow Jones Newswires.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade