UAI
Publicidade

Estado de Minas PROFISSIONALIZAÇÃO

Trans-arte oferece cursos para pessoas trans de Juiz de Fora

Parceria da Casa da Mulher de Juiz de Fora e a UFJF, a iniciativa tem o objetivo de promover a independência financeira da população trans


17/09/2021 11:35 - atualizado 17/09/2021 15:09

Projeto
Projeto "Trans-Arte" pretende contribuir para a proporcionar independência financeira de pessoas trans (foto: Prefeitura de Juiz de Fora)

A Universidade Federal de Juiz de Fora em parceria com a Casa da Mulher e a Círculo S/A, empresa de fabricação de produtos têxteis, oferece cursos profissionalizantes para a comunidade trans. A capacitação será na área de artesanato têxtil com oficinas de técnicas de tricô, crochê e bordado.  

O projeto, denominado “Trans-Arte”, será realizado na Casa da Mulher Maria da Conceição Lammoglia Jabour, um centro de referência da Prefeitura de Juiz de Fora para proteção das mulheres vítimas de violência. 

Ao todo serão dez aulas ministradas pelo designer têxtil Mateus Moraes visando o empoderamento e valorização das pessoas trans, assim como oferecer uma forma de geração de renda para o público com a criação de peças de moda e decoração.

Fernanda Moura, coordenadora da Casa da Mulher, declarou que “Esta oficina é uma forma da comunidade trans aprender uma atividade que pode vir a ser uma fonte de renda, a dar a eles em determinado momento uma autonomia financeira. Um dos objetivos do curso é realizar uma exposição quando os trabalhos estiverem prontos, para efetuarmos as vendas das peças e dar este retorno às alunas e alunos”.

Atualmente as vagas são destinadas, exclusivamente, para pessoas que recebem atendimento ambulatorial no hospital universitário, mas o objetivo é ampliar o alcance do projeto.
 
*estagiária sob a supervisão de Márcia Maria Cruz 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade