UAI
Publicidade

Estado de Minas PUB TROPICAL

Bar inspirado na floresta amazônica tem comidas e drinques criativos

'Servimos pratos que existem em todo lugar, mas no Kurú os sabores são diferentes', destaca o chef Zito Cavalcante


01/05/2022 04:00 - atualizado 29/04/2022 15:29

drinque
Bar nos leva para mais perto do Norte do Brasil com drinque de seriguela e caju servido em cuia amazônica (foto: Jean Carlos/Divulgação)

A ideia era abrir um pub, mas não totalmente inglês. Muito ligado à cozinha e cultura brasileiras, o chef Zito Cavalcante, que já comanda o Restaurante Padú, chegou ao conceito de pub tropical.
 
Inspirado na floresta amazônica, o Kurú é um bar que entra no clima dos mistérios da noite na selva, por isso tem um sapo como símbolo. No cardápio, uma seleção de drinques, petiscos e hambúrgueres criativos.
 
O balcão ocupa boa parte da área interna, o que reforça a proposta de colocar a coquetelaria como protagonista. Mas Zito deixa claro que lá não tem pompa, ele quer atrair o público com diversão e sabor.

“Vejo a surpresa das pessoas ao descobrirem que os drinques podem ser interessantes e gostosos. É como degustar um prato, você não sabe o que vai acontecer.”
 
Cássio Batista é quem assina a carta e também prepara na hora os drinques. Quem se senta no balcão tem a oportunidade de se entreter com seu conhecimento, habilidade e simpatia.
 
barriga de porco
Cheio de surpresas, cardápio tem barriga de porco como nunca se viu: curada, fatiada e servida fria com molho de jabuticaba (foto: Jean Carlos/Divulgação)
 
O clima tropical se revela no uso das frutas, como seriguela e caju, que estão no Sirigaita. O drinque explora outros regionalismos, que nos levam mais para o Norte do Brasil.

Sua base é a tiquira, destilado de mandioca do Maranhão. Para completar, ele é servido em uma cuia usada na Amazônia para comer tacacá (caldo de tucupi com camarão e jambu). Na decoração, folhas de abacaxi.

Ousadia x diversão

O bar demonstra ousadia ao criar um elegante drinque de beterraba, que se junta ao gim, limão siciliano, ginger ale e aroma de manjericão.

Ao mesmo tempo, é divertido e chega a arrancar risadas. Cássio serve uma mistura afrodisíaca, com blend de cachaças, chá de especiarias, xarope de mel e caramelo e limão capeta, em um T hidráulico de PVC. Ele explica que é a sua versão do quentão junino.

Para comer, o cardápio oferece o que não pode faltar em um pub: petiscos e sanduíches. São receitas clássicas e simples, mas com muito sabor e uma pitada de criatividade do chef.
 
drinque de beterraba
The Better Raba: gim, xarope de beterraba, limão siciliano, ginger ale e aroma de manjericão (foto: Jean Carlos/Divulgação)

“Servimos pratos que existem em todo lugar, mas no Kurú os sabores são diferentes. Os temperos são muito brasileiros, não temos referências gringas. Usamos muito alho, cebola, limão, sempre buscando os contrastes”, destaca Zito, que tem como sócio o empresário Luiz Felipe Silva.
 
A barriga de porco já chega surpreendendo. Não espere encontrá-la frita e com catchup de goiabada. Lá, a carne é curada, cortada em fatias finas (como se fosse um rosbife) e servida fria com molho de jabuticaba.
 
Coxinha existe em todo lugar, não é mesmo? Mas não como a do Kurú. Zito coloca polvilho na massa, que fica sequinha e crocante. Como ele explica, é uma homenagem ao sanduíche de pão de queijo com pernil do Comercial Sabiá, no Mercado Central. Por isso, o recheio é de pernil com queijo canastra.

Para finalizar, conserva de cebola roxa e maionese de vinho branco mineiro, que é o molho especial da casa, marcada pela acidez e pelo perfume.

Cupim defumado

Até mesmo o croquete consegue ser imprevisível. A receita em si é tradicional, mas ninguém imagina que vai sentir o sabor de cupim defumado na casa. “Gosto muito de trabalhar com o cupim, uma carne de segunda, que às vezes fica sobrando no churrasco, mas é muito saborosa”, comenta o chef.
 
coxinha de pernil
Coxinha de pernil com queijo canastra, conserva de cebola roxa e maionese de vinho branco (foto: Débora Gabrich/Divulgação )
 
O cupim ganha mais uma camada de sabor ao ser puxado no dendê. Quando vira croquete, passa a ser acompanhado por salada de repolho e mostarda.
 
Este cupim está no recheio do hambúrguer que leva o nome do pub e está entre os mais vendidos. Vai por cima de uma fatia de requeijão de corte e entrega um toque defumado, além de suculência.
 
O Dona Flor foi pensado para apimentar o cardápio. Seu tempero nada mais é do que uma pimenta dedo-de-moça picada, com semente e tudo.

Outro ingrediente que se destaca é o bacon de papada de porco defumado naturalmente com lenha de macieira. “O nosso bacon não tem só sal. Você sente um defumado bem potente, que faz parte da construção de sabor do sanduíche.” O pão brioche completa a experiência.
 
Não poderia ter sobremesa melhor para acompanhar os hambúrgueres do que milk-shake. Só que ele não tem um sabor comum. Zito bate o sorvete de creme com um brigadeiro clássico de festa, com direito a granulado e calda de chocolate.

Serviço

Rua Alagoas, 608, Savassi
(31) 3567-8622

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade