Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Para esquentar o inverno


postado em 07/07/2019 04:05

Uma coisa que mineiro gosta é de festa junina, e a prova máxima disso é que o mês de junho ficou pequeno para receber todos os arraiás que são feitos. Falta dia n calendário festivo. A solução foi invadir o mês de julho e já há alguns anos começaram as festas julinas, com o mesmo clima gostoso e as delícias das festas que comemoram os dias de São João, São Pedro e Santo Antônio.

 


Embalados por este clima festivo e pelo friozinho do inverno, buscamos nos arquivos do Sabores de Minas (https://www.uai.com.br/entretenimento/gastronomia/saboresdeminas/) algumas receitas típicas que podem aquecer nestas noites frias de julho e são ideais para degustar entre amigos e matar a saudade dos típicos pratos da temporada. Se quiser incrementar ainda mais a noite, pode buscar no link acima outras receitas gostosas e bem mineiras.

 

 

 

4 Ingredientes

 

Tradicional:  ½ litro de cachaça, 500g de canela em pau, 500g de cravo, 15 folhas de mexerica, 250g de gengibre, 2 limões partidos ao meio, 1 copo (americano) de açúcar cristal, 1 litro de água

 

Choconhaque: 500g de açúcar cristal, 100g de cravo, 1 litro de leite bem quente, 4 colheres de sopa cheias de chocolate em pó, 1/2 copo (americano) de conhaque ou 1 copo (americano) de vinho tinto doce

 

Modo de fazer

 

O quentão: em uma panela grande, torrar o açúcar (em fogo alto) até ele dourar. Baixar o fogo e despejar canela, limão, cravo, gengibre e as folhas de mexerica. Quando o açúcar estiver soltando da panela, pôr a água e a cachaça. Deixar ferver por quatro minutos. Coar e servir quente. Guardar a bebida em recipiente fechado.

 

O choconhaque: em fogo alto, misturar o cravo e o açúcar. Com o açúcar dourado, juntar o leite e o chocolate em pó. Mexer até obter 

uma mistura homogênea. Acrescentar o conhaque ou o vinho. Misturar 

bem. Servir quente.

 

(Receitas fornecidas por Maria da Conceição Ferreira, de Itabirito) 

 

 

Pé de moleque

 

4 Ingredientes

 

1kg de amendoim descascado, 1 rapadura, 1 colher de manteiga

 

4 Modo de fazer

 

Cortar a rapadura em pedaços e colocá-los em uma panela. Cobrir com água suficiente para derretê-los. Deixar ferver até desmanchar bem e formar um melado. Mexer o melado em fogo brando até o ponto de bala mole. Colocar o amendoim e a manteiga. Desligar o fogo. Mexer com uma colher de pau até engrossar bem. Quando ficar bastante consistente – e antes que açucare –, despejar em mármore ou pedra untada na manteiga.

Dica: Para saber qual é o ponto de bala mole, colocar água fria em um prato fundo e derramar uma pequena porção de melado. Se houver consistência, está na hora de tirar o doce do fogo.

 

Creme de milho verde 

com carne de sol

 

4 Ingredientes para o creme

 

700ml de leite, 400g de milho verde lavado (quantidade relativa somente aos grãos, retirados da espiga), 1 caixa de creme de leite, 2 colheres (sopa) de farofa de farinha de trigo (ver como fazer abaixo), cheiro-verde a gosto, queijo tipo catupiri para finalizar, sal a gosto.

 

Ingredientes para a farofa

 

Meia colher de sopa de manteiga, 1 cebola picada, 1 colher de chá de sal, 500g de farinha de trigo.

 

Ingredientes para o molho

 

500g de carne seca desfiada, 500ml de molho de tomate.

 

Modo de fazer

 

Para a farofa, aquecer a manteiga, refogar a cebola e juntar a farinha de trigo e o sal, mexendo e deixando torrar. Guardar a mistura em uma vasilha, na geladeira, e usar sempre que for fazer o creme de milho ou receitas de molho branco. Bater o milho no liquidificador com água suficiente para cobrir os grãos e 500ml de leite. Coar e levar o caldo ao fogo. Bater, no liquidificador, duas colheres da farofa de farinha de trigo com o copo de leite. Colocar no caldo assim que levantar fervura. Acrescentar sal, se necessário. Mexer até engrossar. Retirar do fogo e acrescentar o creme de leite. Aquecer o molho de tomate junto com a carne desfiada. Para servir, montar, em cumbucas, uma porção do creme de milho, um pouco de molho por cima, uma colher de sopa de catupiri e cheiro-verde.

 

(Receita fornecida por Luiz Roberto Andrade Santos, de Teófilo Otoni) 


Publicidade