UAI
Publicidade

Estado de Minas MÚSICA

Concerto "Música de cinema" encerra comemoração dos 90 anos do Cine Brasil

Apresentação da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais nesta sexta-feira (29/7) tem repertório composto por trilhas de John Williams, que fez 90 anos em fevereiro


28/07/2022 04:00 - atualizado 27/07/2022 19:59

Orquestra Sinfônica de Minas Gerais toca em palco, com imagem de filme projetada ao fundo, em telão
O concerto tem projeção simultânea em telão de alguns dos filmes para os quais as trilhas foram compostas e participação de fãs vestidos como personagens (foto: PAULO LACERDA/DIVULGAÇÃO)

Em 8 de fevereiro passado, o compositor norte-americano John Williams completou 90 anos. Em plena atividade, vale dizer. Em 2022, trabalha na trilha sonora do quinto filme da franquia “Indiana Jones”, previsto para o ano que vem.

Caso seja esta a última de sua carreira, como ele sugeriu em entrevista recente, Williams vai se aposentar com mais de uma centena de trilhas para cinema e televisão. E muitos recordes – são cinco Oscars entre 52 indicações.

Não há compositor para cinema mais popular do que ele. Clássicos da produção moderna e contemporânea dos Estados Unidos não seriam os mesmos sem sua música, caso dos filmes de Steven Spielberg (“Tubarão”, “E.T., o extraterrestre”, “Parque dos dinossauros”, “A lista de Schindler”), de George Lucas (as franquias “Star wars” e “Indiana Jones”, esta última criada por Lucas e dirigida por Spielberg) e, mais recentemente, do arrasa-quarteirão “Harry Potter”.

Parte dessa produção estará no concerto “Música de cinema”, que a Orquestra Sinfônica de Minas Gerais executa nesta sexta-feira (29/7), no Cine Theatro Brasil Vallourec. A apresentação encerra a programação especial do espaço que, assim como Williams, chegou aos 90 anos neste 2022.

"Como maestro e músico, vejo como a orquestração dele é fenomenal. O trato que ele dá à orquestra e às famílias de instrumentos (cordas, metais etc) também. Ao analisar uma partitura, você vê como ele conhece de orquestração, além de toda a inspiração dos temas para cada personagem, o leitmotiv, que copiou de Wagner. A forma com que (John) Williams escreve é magistralmente feita"

Sérgio Gomes, trompista e maestro



No concerto, a OSMG será regida por Sérgio Gomes, idealizador do projeto. Em 2019, o maestro, também primeiro trompista da orquestra, sugeriu um concerto dedicado a Williams. Naquele ano, foram quatro apresentações, todas lotadas, no Palácio das Artes. Após a pandemia, somente em junho a OSMG voltou a se reunir para executar este repertório, agora no Cine Theatro Brasil. 

Repertório

O concerto traz duas suítes – é aberto com a de “Harry Potter”, que tem quatro movimentos, e finalizado com a de “Star wars”, com cinco. No meio, estão temas dos filmes dirigidos por Spielberg: “Caçadores da arca perdida”, “E.T.”, “Parque dos dinossauros” e “A lista de Schindler”. Destes quatro, diz Gomes, o último é o maior. “E também o mais intimista, para dar um ‘descanso’”, acrescenta.

O maestro pautou a seleção do repertório pela importância e popularidade. “É muito material e muito bem sistematizado. Você tem fácil acesso às partituras, o que não é muito comum. Como maestro e músico, vejo como a orquestração dele é fenomenal. O trato que ele dá à orquestra e às famílias de instrumentos (cordas, metais etc) também. Ao analisar uma partitura, você vê como ele conhece de orquestração, além de toda a inspiração dos temas para cada personagem, o leitmotiv, que copiou de Wagner. A forma com que Williams escreve é magistralmente feita.”

No palco, os cerca de 70 músicos da OSMG terão companhia. Desde a primeira apresentação, o concerto conta com a participação de integrantes de fã-clubes, que se vestem como os personagens dos filmes. Simultaneamente à execução das peças, são exibidas imagens dos respectivos filmes. 

A exceção é de “Star wars”, pois o projeto não conseguiu permissão para exibir as imagens do filme de George Lucas. Mas não faz falta. A apresentação conta, inclusive, com a presença de Darth Vader, que, em um dado momento, tenta reger a orquestra.

MÚSICA DE CINEMA

Concerto com a Orquestra Sinfônica de Minas Gerais. Nesta sexta (29/7), às 20h30, no Cine Theatro Brasil Vallourec, Praça Sete – Rua dos Carijós, 258, Centro, (31) 3201-5122. Ingressos: R$ 40 e R$ 20 (meia). À venda na bilheteria e no site do teatro. 

Concurso de fotos

Ainda na comemoração de seus 90 anos, o Cine Theatro Brasil Vallourec recebe até 31 de agosto inscrições para o concurso Click Cine. Cada interessado pode enviar até duas fotografias – coloridas ou em preto e branco – da fachada, das áreas internas ou externas do espaço.

Os três primeiros colocados receberão prêmio em dinheiro (R$ 1 mil, R$ 600 e R$ 400, respectivamente). Vinte e quatro fotos serão apresentadas em uma mostra no site do Cine Brasil. Mais informações e inscrições aqui.  


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade