UAI
Publicidade

Estado de Minas AUDIOVISUAL

Academia de Hollywood produz "Seen", série sobre artistas latinos

Entrevistas com atores e atrizes de origem latina que se tornaram famosos vão ao ar no canal do YouTube da entidade


28/01/2022 04:00 - atualizado 28/01/2022 00:40

usando boné azul e corrente prateada no pescoço, John Leguizamo sorri em mesa na Comic Con de Los Angeles, em dezembro de 2021
O ator e roteirista colombiano John Leguizamo é o primeiro entrevistado da série (foto: Chelsea Guglielmino/Getty Images/AFP)

Como diversidade e inclusão se tornaram palavras de ordem na Hollywood contemporânea, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas vem tentando fazer a sua parte. 

Desde o boicote sofrido no Oscar de 2016 – vários nomes, entre eles Spike Lee, não foram à cerimônia porque, pelo segundo ano consecutivo, somente atores brancos haviam sido indicados ao prêmio – e o movimento #MeToo, mudanças vêm ocorrendo. Entre elas, a chamada, anual, de novos membros de todo o mundo para integrar a entidade passou a incluir mais representantes de minorias.

A série em três episódios “Seen”, que estreou nesta semana no canal do YouTube da Academia, é também uma resposta a essa demanda pela valorização da diversidade. A produção acompanha o jornalista, diretor e produtor argentino-americano Nick Barili em entrevistas com latinos influentes na produção cinematográfica. 

"A comunidade latina é um em cada quatro espectadores, mas nós somos quatro por cento dos papéis no cinema no momento", comenta Barili. "É uma loucura pensar que existem 60 milhões de latinos vivendo nos Estados Unidos, mas realmente não estamos nos vendo representados."

Quem abre a série é o ator, roteirista e produtor John Leguizamo, colombiano que emigrou para os EUA. A série começa na casa de Leguizamo, em Nova York, onde ele fala sobre sua trajetória. Discute as manobras na indústria ao longo de sua carreira de décadas, como ele enfrentou o elenco estereotipado e a pouca representação das comunidades latinas, tanto na frente quanto atrás das câmeras. 

No segundo episódio, que será lançado nesta segunda (31/1), Barili se junta ao veterano ator, produtor e ativista mexicano-americano Edward James Olmos. Os dois visitam os alunos do programa Youth Cinema Project, na Bell Gardens Intermediate School, em Los Angeles. 

Encerrando a primeira temporada, em 7 de fevereiro, a convidada será a atriz Eva Longoria, nascida no Texas, filha de mexicanos. No episódio, os dois vão até a California State University, onde Longoria se tornou mestre em estudos mexicanos.

Imigrante de primeira geração e defensor de mais representação latina, Barili cofundou a Latinx in Media & Arts Coalition (Lima), que se concentra na promoção de profissionais criativos latinos, aumentando o acesso a plataformas de mídia e fornecendo recursos e oportunidades para jovens. 

SEEN

A série está disponível no canal do YouTube da Academia (www.youtube.com/Oscars). Novos episódios sempre às segundas








receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade